Siga o OTD

Caratê

Com ouro de Valéria Kumizaki, Brasil faz 5 pódios no Chile

Valéria Kumizaki

O Brasil encerrou neste domingo sua participação na etapa de Santiago, no Chile, do circuito Karate 1 Series A. O destaque foi Valéria Kumizaki, medalha de ouro na categoria até 55kg. Vinícius Figueira foi prata na 67kg, enquanto Isabela Rodrigues e Rafaela Silva ficaram com o bronze na acima de 68kg. Para completar, o país ficou em terceiro lugar na disputa feminina por equipes do kata.

55kg

Para conquistar o título da categoria até 55kg, Valéria Kumizaki precisou vencer cinco lutas. As quatro primeiras aconteceram na sexta-feira. Na estreia, ela bateu a sul-coreana Ahn Taeeun por 5 a 0 e se classificou para as oitavas de final, fase em que aplicou 3 a 0 sobre a suíça Maya Schaerer. Nas quartas de final, venceu uma luta apertada por 2 a 1 contra Jennifer Warling, de Luxemburgo. Na semifinal, a adversária foi a italiana Sara Cardin, campeã mundial em 2014 e três vezes campeã europeia. O combate, que foi extremamente equilibrado, terminou empatado em 3 a 3, mas a brasileira foi considerada vencedora na decisão dos árbitros.

Na final, disputada neste domingo, Valéria Kumizaki teve pela frente a ucraniana Anzhelika Terliuga, campeã europeia no ano passado. Mais uma vez a luta terminou empatada (2 a 2) e, de novo, a arbitragem deu a vitória para a brasileira, que conquistou a medalha de ouro.

67kg

Namorado de Valéria Kumizaki, Vinícius Figueira também chegou à final na categoria até 67kg. Na campanha até a decisão, ele bateu o peruano Klaus Hurtado por 5 a 0, o sérvio Jovan Ciric por 4 a 1, o saudita Sultan Alazahrani por 5 a 0 e Shih Cheng-Chung, de China Taipei, por 2 a 0. Os resultados consistentes levaram o brasileiro para a semifinal, fase em que ele derrotou o cazaque Didar Amirali por apenas 1 a 0.

Na decisão da medalha de ouro, o adversário foi o japonês Hiroto Gomyo, que conseguiu derrotar Vinícius Figueira por 4 a 3 para conquistar a medalha de ouro e deixar o brasileiro com a prata.

Acima de 68kg

Na categoria acima de 68kg, as brasileiras Rafaela Silva e Isabela Rodrigues só foram derrotadas na semifinal. Rafaela perdeu para a alemã Johanna Kneer por 3 a 1, enquanto Isabela ficou no empate de 2 a 2 com a japonesa Ayaka Saito, mas a decisão da arbitragem foi pela vitória da carateca asiática.

Neste domingo, as duas brasileiras entraram em ação para lugar pela medalha de bronze e ambas garantiram um lugar no pódio. Rafaela Silva bateu a mexicana Guadalupe Catzin por 5 a 4 e Isabela Rodrigues venceu a cazaque Sofya Berultseva por 2 a 0.

Kata feminino por equipes

O Brasil conquistou mais uma medalha de bronze na disputa por equipes do kata feminino. O país enfrentou o Chile na disputa pelo terceiro lugar e somou 24,54 pontos contra 21,06 das donas da casa. Nesta categoria, o Peru fez dobradinha conquistando ouro e prata. O outro bronze ficou com a Espanha.

Outros resultados

Além das cinco medalhas que foram conquistadas, o Brasil tinha pelo menos mais quatro chances de pódio neste domingo. Na categoria até 60kg, Rafael Nascimento disputou a repescagem, chegou a derrotar o italiano David De Falco, mas parou no japonês Kota Miyazato e foi eliminado.

Na 75kg, Hernâni Veríssimo, que tinha sido derrotado na semifinal pelo chileno Joaquin Lavin, disputou a medalha de bronze com o americano Thomas Scott, mas perdeu e ficou em quinto lugar. Na mesma categoria, Sebastião Pereira venceu Luis Andres Vazquez na repescagem, mas perdeu na sequência para Murat Oz, da Turquia.

Para completar, na categoria acima de 84kg, Giovani Salgado perdeu a disputa pelo bronze para o chileno Rodrigo Rojas por 3 a 1.

Mais em Caratê