Siga o OTD

Aline Silva e Thamires Machado Seleção brasileira de wrestling Missão Europa Portugal

Wrestling

Aline Silva e Laís Nunes disputam Aberto da Polônia de Wrestling

Evento será o último grande torneio das duas atletas olímpicas do Brasil antes dos Jogos Olímpicos de Tóquio

(Caio Baptista/CBW)

Aline Silva e Laís Nunes disputam Aberto da Polônia de Wrestling

Aline Silva e Laís Nunes disputam a partir desta quinta-feira (10/6), a partir das 6h, o Aberto da Polônia de Wrestling, Ranking Series 2021, em Varsóvia, capital do país europeu. A competição é o ultimo teste das brasileiras, já classificadas para Tóquio 2020, antes dos Jogos Olímpicos. Além de integrar o circuito dos mais importantes torneios da modalidade, chamados Ranking Series, o torneio polonês vai contar pontos para o ranking que vai definir as cabeças de chave nos Jogos e vai contar com as principais atletas do planeta.  

+ Damiris acerta com time francês e terá sua segunda experiência na Europa

“Quero desfrutar bastante da competição e fazer o maior número de lutas possíveis para chegar melhor preparada para os Jogos Olímpicos. Tenho trabalhado bastante, e na reta final de preparação para Tóquio, o único objetivo é fazer o melhor e representar bem o país”, revela Laís, campeã do Torneio Kolov e Petrov em abril na Bulgária e medalha de prata no Pan-americano de Wrestling, em maio, na Guatemala.

Lais Nunes nos Jogos Pan-Americanos de Lima Pré-Olímpico Canadá
Laís Nunes estará na disputa do Aberto da Polônia e dos Jogos Olímpicos (Washington Alves/COB)

Além de Aline Silva e Laís Nunes, Ronisson Brandão, medalhista pan-americano da categoria 87kg do estilo greco-romano, também vai disputar o torneio e luta a partir do dia 13. O lutador já pensa no ciclo olímpico para os Jogos de Paris 2024 e na importância de somar pontos o ranking que leva em conta apenas os resultados da temporada.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO FACEBOOK E NO TIKTOK

“Estou com 30 anos e talvez Paris 2024 seja o último ciclo olímpico. Por isso quero lutar o máximo de torneios possíveis e esta competição na Polônia vale pontos importantes no ranking mundial. A conquista da medalha no Pan-americano deu ainda mais motivação e é importante lutar contra os melhores do mundo e agradeço apoio da minha equipe São José Wrestling e da Marinha do Brasil” explicou Ronisson Brandão.

Mais em Wrestling