Siga o OTD

superliga taubaté minas

Vôlei

Arrasador, Taubaté faz 3 a 0 no Minas e conquista o bicampeonato da Superliga

Bruninho e selecionáveis dão show e comandam o bi incontestável do Taubaté na Superliga

(Créditos: Wander Roberto/Inovafoto/CBV)

Arrasador, Taubaté faz 3 a 0 no Minas e conquista o bicampeonato da Superliga

O EMS Taubaté Funvic (SP) não tomou conhecimento do Minas Tênis Clube (MG) e faturou o tão desejado título da Superliga 20/21 masculina de vôlei. Aliás, o bicampeonato, visto que o time tinha levado o troféu na temporada 2018/2019. Um 3 a 0 (25/20, 25/22 e 25/17) arrasador e irretocável, com show de Bruninho e companhia no CDV, em Saquarema (RJ).

Douglas Souza foi o maior pontuador do jogo, com 15 pontos. Ainda por Taubaté, Maurício Borges contribuiu com mais 12. Pelo Minas, Honorato marcou 10 pontos e Matheus Pinta fez oito.

A equipe comandada pelo técnico argentino Javier Weber confirmou o favoritismo e conquistou o terceiro título na atual temporada. O Taubaté já tinha conquistado a Supercopa do Brasil e o Troféu Super Vôlei.

+ Confira a tabela

superliga taubaté minas
(Créditos: Wander Roberto/Inovafoto/CBV)

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO FACEBOOK E NO TIKTOK

O jogo

Como foi na primeira partida, o jogo começou com as duas equipes virando no ataque e sem que nenhuma delas abrisse vantagem. William abusava de Honorato, enquanto Bruninho foi de Maurício Borges. Mas o saque de Taubaté começou a fazer um estrago enorme na recepção adversária e o time paulista conseguiu uma pequena vantagem. O Minas seguia de perto. Contudo, nos pontos finais, erros bobos permitiram que o Taubaté saísse na frente.

O jogo seguia lá e cá na segunda parcial, até que o lance da partida deu uma moral enorme. Bruninho salvou uma bola do outro lado da rede, Maique errou a recepção e Maurício Borges matou um ponto improvável. Daí em diante, o Taubaté desandou a fazer aces, a bloquear Escobar e foi abrindo vantagem. O desânimo era visível do lado mineiro e set foi embora. Destaque para Gabriel Cândido, que entrou no lugar de Felipe Roque e não saiu mais.

De cara, o Taubaté fez 5 a 0 no terceiro set. Era evidente que o Minas estava entregue em quadra, que não teria como reagir. Escobar, muito apagado, até foi substituído por Paulo. Mas o time paulista seguia rumo ao título. Douglas Souza e Maurício Borges eram certeza de bola no chão.

William, que disputou sua 10ª final seguida de Superliga, já não conseguia tirar nada de sua equipe. Taubaté foi empilhando pontos e fechou com um contundente 25 a 17!

FINAL

Primeira rodada

14.04 (QUARTA-FEIRA) – EMS Taubaté Funvic (SP) 3 x 2 Minas Tênis Clube (MG), em Saquarema (RJ) – (25/18, 22/25, 23/25, 25/16 e 15/11)

Segunda rodada

16.04 (SEXTA-FEIRA) – Minas Tênis Clube (MG) x EMS Taubaté Funvic (SP) no CDV, em Saquarema (RJ) – (25/20, 25/22 e 25/17)

Mais em Vôlei