Siga o OTD

flamengo pinheiros superliga de vôlei feminino Curitiba

Vôlei

Lorenne e Ana Cristina lideram Sesc RJ Flamengo em vitória sobre o Curitiba

Lorenne fez 18 pontos, seguida por Ana Cristina, que fez 14, na vitória de 3 a 0 do Sesc RJ Flamengo sobre o Curitiba pela Superliga feminina

(Marcelo Cortes/CRF)

Lorenne e Ana Cristina lideram Sesc RJ Flamengo em vitória sobre o Curitiba

Depois de três derrotas seguidas para Osasco, Bauru e Minas, o Sesc RJ Flamengo reencontrou o caminho das vitórias na sexta-feira contra São José dos Pinhais e alcançou a segunda seguida nesta segunda ao derrotar o Curitiba por 3 a 0 com parciais de 25/23, 25/12 e 25/23.

Com o resultado, o Sesc RJ Flamengo garantiu, no mínimo, o quinto lugar na fase de classificação da Superliga feminina, mas, apesar de ter só mais um jogo para fazer, ainda tem chances matemáticas de brigar até pelo terceiro lugar.

Lorenne foi a maior pontuadora com 18 pontos, seguida por Ana Cristina com 14. As duas jogadoras foram destaques do Sesc RJ Flamengo, mas quem ganhou o Viva Vôlei foi a levantadora Fabíola, a responsável por deixar as bolas na pinta para as atacantes. Do lado do Curitiba, Ivna fez 13 pontos.

+Cruzeiro bate lanterna Ribeirão e Sesi deixa a zona de rebaixamento

O primeiro set foi bastante equilibrado com o Sesc RJ Flamengo conseguindo vencer apenas pela vantagem mínima por 25 a 23. No segundo set, no entanto, o Rubro-Negro sobrou e não teve dificuldade nenhuma para vencer por 25 a 12.

O Curitiba acordou de novo no terceiro set e a parcial foi novamente bastante disputada. Teve um momento em que o Sesc RJ Flamengo deu a pinta de que venceria com certa tranquilidade. Com três pontos seguidos de Lorenne, o Rubro-Negro abriu 18 a 12.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO FACEBOOK E NO TIKTOK

Mas o Curitiba não desistiu, foi tirando a diferença e chegou a empatar em 19 a 19. Num erro de Pietra, o Flamengo voltou a respirar ao fazer 22 a 20 e abriu três pontos num ataque de Ana Cristina.

Valente, o Curitiba foi buscar de novo ao empatar em 23 a 23 com bloqueio em Ana Cristina e dois aces de Ivna. Mas um toque na rede de Bruninha deu o Match point para o Flamengo, que fechou, na sequência, com uma bola pelo meio de Valquíria para fazer 25 a 23.

Mais em Vôlei