Siga o OTD

Douglas Souza, do Taubaté, falou sobre ser homossexual, Superliga Masculina de vôlei e vontade jogar no exterior

Vôlei

Taubaté vence, Vôlei Renata espanta zebra e Guarulhos praticamente se salva

Douglas Souza liderou o Taubaté, enquanto Leandro Vissoto foi o destaque do Vôlei Renata e Bortolini brilhou no Guarulhos pela Superliga

Taubaté vence, Vôlei Renata espanta zebra e Guarulhos praticamente se salva

Blumenau veio embalado pela surpeendente sobre o Minas e queria fazer o mesmo neste sábado, mas o Vôlei Renata se impôs, espantou a zebra e venceu por 3 a 0 com parciais de 25/19, 25/20 e 25/21. Na outra partida da tarde, Guarulhos derrotou o Caramuru em sets diretos por 25/21, 31/29 e 25/23, praticamente livrando qualquer risco de rebaixamento. De noite, o Taubaté impôs seu favoritismo e derrotou o Montes Claros América-MG por 3 a 0 com parcias de 25/20, 25/22 e 25/20.

AMÉRICA-MG X TAUBATÉ

Com grandes atuações de Bruninho, Douglas Souza e Maurício Souza, Taubaté venceu o Montes Claros América-MG com autoridade e chegou a 50 pontos na classificação da Superliga. A equipe está quatro pontos atrás do líder Sada Cruzeiro, faltando três jogos para encerrar sua participação na primeira fase.

“Estou muito feliz com meu crescimento e com o crescimento do time. Vai ser muito importante isso para a gente nos playoffs”, afirmou Douglas Souza, que foi eleito o melhor do jogo e ganhou o Troféu Viva Vôlei.

BLUMENAU X VÔLEI RENATA

O Vôlei Renata foi liderado por Leandro Vissotto, que ganhou o Viva Vôlei, com 18 pontos, e Vaccari, com 13. Com o resultado, a equipe de Campinas, que ocupa a terceira colocação na tabela, três pontos atrás do Taubaté, ainda com chances de terminar a primeira fase como vice-líder. Já o Blumenau continua na quinta colocação.

CARAMURU X GUARULHOS

O nono colocado Vôlei Guarulhos, que não tem mais chances de classificação para os playoffs, conseguiu uma vitória importante sobre o Caramuru, que é o décimo.

O resultado levou o Vôlei Guarulhos a 21 pontos, oito mais do que o adversário e praticamente acabou com as chances de rebaixamento para a Superliga B. Gabriel Bortolini, com 20 pontos, foi o destaque da equipe.

Só não dá para cravar ainda porque, matematicamente, os dois últimos colocados, Sesi e Vôlei Ribeirão, estão com quatro e três jogos a menos, respectivamente, ainda podem ultrapassar a equipe da Grande São Paulo.

Para isso acontecer, no entanto, os dois últimos colocados precisariam de verdadeiros milagres. O Vôlei Ribeirão, por exemplo, que é o lanterna e só venceu dois de 18 jogos, teria que vencer todos os últimos quatro que lhe restam para ultrapassar Guarulhos. E o Sesi, que só ganhou quatro de 17 jogos, precisaria conseguir três vitórias nas últimas cinco rodadas para deixar a equipe da Grande São Paulo para trás.

Mais em Vôlei