Siga o OTD

minas tênis clube pinheiros superlig

Vôlei

Minas, Osasco, Praia, SP e Fla vencem na rodada da Superliga

Todas as equipes fizeram valer o favoritismo em dia cheio de confrontos pela Superliga de vôlei feminino; Minas segue líder

(instagram/mtcvolei)

Minas, Osasco, Praia, SP e Fla vencem na rodada da Superliga

Dez times em quadra, cinco jogos e nenhuma zebrinha sequer na rodada da Superliga de vôlei feminino nesta terça-feira (12). Todos os favoritos ganharam e tabela não foi alterada. O Minas segue líder, mas o Osasco está na sua cola, com o mesmo número de pontos, mas atrás pelo critério de desempate.

O Praia Clube é o quarto colocado e tem o mesmo número de pontos do terceiro colocado Bauru, que já tinha jogado na rodada. O São Paulo/Barueri também venceu e não perdeu contato com a parte de cima da tabela.

Por fim, o Sesc Flamengo também segue na busca aos líderes com mais um triunfo. Confira todos os jogos desta super terça de Superliga de vôlei feminino.

No topo

No Ginásio Henrique Villaboim, em São Paulo, o Minas derrotou o Pinheiros por 3 sets a 1, parciais de 25-23, 25-14,19-25, 25-20. O resultado mantém o time mineiro no topo da classificação da Superliga de vôlei feminino.

A central Carol Gattaz foi eleita a melhor jogadora da partida. Além dela, o Minas contou com grande atuação de Thaisa. Ou seja, as bolas de meio funcionaram muito diante do Pinheiros.

Pelo lado derrotado, o destaque foi Kimberly, que veio do banco no terceiro set e liderou a vitória no terceiro set para o Pinheiros.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

Na caça

Demorou para embalar, mas o Osasco passou pelo Fluminense pelo placar de 3 sets a 1, parciais de 25/23, 14/25, 15/25 e 15/25. Jogando em casa, o time carioca surpreendeu na primeira parcial, mas depois foi dominado pelo vice-líder da Superliga de vôlei feminino.

(Divulgação)

As maiores pontuadoras da partida foram jogadoras do Osasco. Taiana fez 19 pontos e Tandara 18. Já Gabi Cândido, com 14 pontos, foi eleita a melhor atleta em quadra. Do lado do Fluminense, Dayse fez 12 pontos, enquanto Arianne e Mayara anotaram 11 pontos cada.

+Veja a tabela

A vitória mantém o Osasco no segundo lugar da Superliga, mas com os mesmos 36 pontos do líder Minas, que também venceu na rodada e lidera a competição pelos critérios de desempate. Já o Fluminense, permanece na 10ª colocação, com 9 derrotas em 11 jogos.

Paredão

Em partida realizada no Sesi Taguatinga, no Distrito Federal, o Praia Clube armou um verdadeiro paredão para cima do Brasília e venceu, fora de casa, por 3 sets a 0, parciais de 25/12, 25/11 e 25/16, pela Superliga de vôlei feminino.

Foram 19 pontos de bloqueio do time mineiro contra as mandantes. A central Carol, com seis bloqueios, foi o grande destaque no fundamento e terminou como a melhor em quadra.

praia clube brasília superliga
(Instagram/Praiaclubeoficial)

Com o resultado, o Praia chegou aos 28 pontos e segue em quarto lugar na tabela da Superliga. O time mineiro tem a mesma pontuação do Sesi-Bauru, terceiro, mas com um jogo a menos. Já o Brasília tem apenas oito pontos somados e é o nono colocado.

Feliz 2021!

Jogando em seus domínios pela Superliga de vôlei feminino, no José Corrêa, em Barueri, a equipe do São Paulo abriu 2021 com uma vitória consistente diante do São José dos Pinhais, por 3 sets a 0, parciais de 25-19, 25-22 e 25-21.

Maira com 12 pontos e Lorrayna com dez comandaram a vitória dentro de quadra, mas a melhor do jogo foi a líbero Nyeme, que, mais uma vez, deu aula de recepção na partida.

são paulo barueri superliga vôlei feminino
(Divulgação/Flavio Costa)

Já pelo lado derrotado, Letícia fez uma grande partida, terminou com 15 pontos anotados e foi a principal pontuadora do confronto.

Esta foi a sétima vitória do São Paulo em 12 jogos na Superliga de vôlei feminino. O time segue na sexta colocação e soma 20 pontos. Já o Pinhais está na última colocação da competição. O time paranaense segue na árdua briga para escapar do rebaixamento.

Na briga

Fechando a segunda rodada do returno da Superliga Feminina de vôlei, São Caetano e Sesc RJ Flamengo, em situações distintas na tabela, mediram forças no ABC Paulista. No fim, a maior qualidade do time carioca falou mais alto.

Pelo placar de 3 sets a 0, parciais de 25/20, 28/26 e 25/20, o Sesc Flamengo conseguiu a primeira vitória do ano e se manteve no quinto lugar.

Este foi o segundo triunfo da equipe carioca sobre o São Caetano na Superliga. A última vez que as equipes se enfrentaram foi em novembro do ano passado, quando o Sesc RJ Flamengo bateu o São Caetano por 3 a 0.

sesc flamengo superliga são caetano vôlei feminino
(Twitter/Timedoflamengo)

O Sesc RJ Flamengo é o atual quinto colocado da tabela da Superliga Feminina, com nove vitórias e três derrotas até aqui. Assim, a equipe de Bernardinho soma 27 pontos.

Do outro lado, no entanto, o São Caetano é o lanterna da competição. Após 13 jogos, a equipe não conseguiu somar um ponto sequer, tendo vencido apenas dois sets até aqui.

Mais em Vôlei