Siga o OTD

O sábado (28) marcou a presença de mais de 46 atletas brasileiros do vôlei pelas quadras do exterior. E três campeões olímpicos participaram da vitória de seus times em suas respectivas ligas. Na Rússia, a ponteira Natália, medalha de ouro em Londres-2012, marcou 16 pontos na vitória do Dínamo Moscou. No Japão, o ponta Lipe teve boa atuação no triunfo do J-Tect Stings. E, na Alemanha, o central Éder Carbonera anotou oito no êxito do Berlin Volleys. Os dois jogadores da seleção masculina estiveram no topo do pódio na Rio-2016

Vôlei

Campeões olímpicos ganham na Rússia, Japão e Alemanha

A ponteira Natália venceu pelo Dínamo Moscou. Já o central Éder Carbonera e o ponteiro Lipe, triunfaram, respectivamente, por Berlin Volleys e J-Tect Stings

Natália fez 16 pontos na vitória do Dínamo Moscou, sendo três de saque (vldinamo.ru/Divulgação)

Campeões olímpicos ganham na Rússia, Japão e Alemanha

O sábado (28) marcou a presença de mais de 46 atletas brasileiros do vôlei pelas quadras do exterior. E três campeões olímpicos participaram da vitória de seus times em suas respectivas ligas. Na Rússia, a ponteira Natália, medalha de ouro em Londres-2012, marcou 16 pontos na vitória do Dínamo Moscou. No Japão, o ponta Lipe teve boa atuação no triunfo do J-Tect Stings. E, na Alemanha, o central Éder Carbonera anotou oito no êxito do Berlin Volleys. Os dois jogadores da seleção masculina estiveram no topo do pódio na Rio-2016.  

Brasileiros na Rússia, Turquia, Itália e Japão

Lipe teve boa atuação na vitória da sua equipe pela Liga Japonesa de vôlei (Facebook/JTEKTSTINGS)

O primeiro brasileiro a comemorar neste sábado foi o campeão olímpico Lipe. O jogador anotou oito pontos de ataque na vitória do J-Tect Stings diante do FC Tokyo, pela Liga Japonesa, por 3 sets a 0, parciais de 27/25, 25/23 e 25/21. Na Rússia, a ponteira Natália fez 12 acertos em ações ofensivas, um de bloqueio e três aces no triunfo do Dínamo Moscou, fora de casa, contra o Metar Chelyabinsk, por 3 a 1, séries de 21/25, 25/15, 25/23 e 25/11.  

+ Praia Clube não dá chances e vence o Fluminense na Superliga

Em seguida, na Turquia, os ponteiros Hugo Hamacher, do Altekma, e Matheus Krauchuk, do Solhan, perderam como mandante, igualmente, para Galatasaray e Halkbank, ambos em sets diretos. Hugo Hamacher marcou cinco pontos, todos em ataques ou contra-ataques, no revés com parciais de 25/18, 25/20 e 25/20. Já Matheus Krauchuk anotou oito acertos, sete em ações ofensivas e um de bloqueio na derrota por séries de 25/15, 25/23 e 25/16.

+ 2º Turno: Mais 5 atletas olímpicos que entraram para a política

Na Itália, o Lube Civitanova, do ponteiro Leal, derrotou o Verona pelo Campeonato Italiano de vôlei masculino, por 3 sets a 1, parciais de 25/17, 25/12, 19/25 e 25/13. O atleta nascido em Cuba, mas naturalizado brasileiro, deixou a quadra com 20 pontos, sendo 15 em ataques ou contra-ataques, dois de bloqueio e três em saques diretos.  

Brasileiros na Alemanha e Polônia

Éder Carbonera acionado em ataque na vitória do Berlin Volleys na Liga Alemã de vôlei (Facebook/sccberlin)

Na Bundesliga, o Berlin Volleys aplicou 3 sets a 0 no UV Frankfurt, sets 25/18, 25/18 e 25/17. Três brasileiros atuam no time vitorioso, mas somente um entrou em quadra. O campeão olímpico Éder Carbonera contribuiu com oito pontos, sendo seis em ações ofensivas e dois em bloqueios. Já Renan Michelucci e Davy Moraes foram relacionados, mas não jogaram.

+ Osasco atropela o Minas; Bauru e Pinheiros também vencem

Se na Alemanha os brasileiros festejaram, na Polônia a situação foi oposta. O Czarni Radom, do ponteiro Lucas Lóh, perdeu do Gdansk, por 3 a 1, parciais de 28/30, 25/12, 25/18 e 25/17. O brasileiro começou na reserva e entrou no primeiro, segundo e quarto sets, mas não pontuou. E o MKS Bedzin, do ponteiro José Ademar e do levantador Thiaguinho, foi derrotado, em casa, pelo Kedzierzyn-Kozle, 3 a 1, séries de 25/21, 24/26, 23/25 e 17/25.

Brasileiros na Romênia e Eslováquia

Na Liga Romena de vôlei feminino, o Dínamo Bucareste marcou 3 a 0 no Stiinta Bacau, fora de casa, parciais de 25/18, 25/16 e 25/22, com participação da líbero Tássia. Já no masculino, os brasileiros Bruno Canuto, ponteiro, e Rodrigo Ribeiro, levantador, do Dínamo Bucareste, foram superados como mandante, pelo Universitatea Cluj, em sets diretos, séries de 25/20, 31/29 e 25/23.

+ Pinheiros bate São Caetano e alcança 1ª vitória na Superliga

E na Liga Eslovaca, as brasileiras Raquel Loff, central, Bruna Caixeta, levantadora, saíram vitoriosos pelo Slavia Bratislava diante do Presov, 3 sets a 0, parciais de 25/12, 25/23 e 25/13. Raquel Loff foi a maior pontuadora do duelo, com 18 acertos, sendo 12 em ataques ou contra-ataques e seis de bloqueio.  Já Bruna Caixeta marcou apenas um e foi de saque.

Brasileiros na Espanha

Na Liga Espanhola masculina de vôlei, o Grau, do central Carlos Antonio dos Santos, perdeu do Manacor, dos ponteiros Caetano Filter e Thiago Vanole e do central Rafael Martins, por 3 a 0, parciais de 25/19, 25/23 e 25/23. O brasileiro da equipe derrotada fez dez pontos. Entre os vitoriosos, Caetano Filter marcou 12, Thiago Vanole, 18, e Rafael Martins, sete.

Em casa, o Almoradi precisou de cinco sets para superar o Ibiza, do oposto Wallaf Oliveira e do ponteiro Arthur Borges. O triunfo aconteceu com parciais de 25/22, 25/17, 20/25, 20/25 e 15/11). Wallaf Oliveira marcou 14 pontos e Arthur Borges entrou no segundo set.  

+ Sesi Bauru vence Pinhais e se mantém em quarto na Superliga

Como visitante, o Guaguas, dos brasileiros Moisés Cezar, Guilherme Hage e Paulo Renan Bertassoni ganhou do Emeve Lugo, 3 a 1: 25/17, 22/25, 25/20 e 25/17. O central anotou 18 pontos, o ponteiro fez 15, e o levantador contribuiu com três.  

No feminino, o IBSA Palmas, da levantadora Ana Flávia Galvão e da central Wivian Gadelha de Souza, fez 3 a 0 no Sayre Mayser, parciais de 25/22, 25/18 e 25/17. E, por último, o CV Kiele Socuéllamos, da central Renata Benedito, ganhou de 3 a 1, séries de 25/17, 21/25, 25/16 e 25/20.

Brasileiros na França

Na Liga Francesa masculina aconteceu um confronto entre brasileiros. O Cambrai ganhou do Poitiers, em casa, por 3 a 1 (25/17, 29/27, 23/25 e 25/23). Entre os vitoriosos estavam o oposto Daniel Cagliari, que anotou 25 pontos, e o ponteiro Yago Dutra Oliveira, que marcou 11. No time derrotado participaram o oposto Chizoba Neves, com 18 acertos e o central Gladstone de Jesus, que entrou no segundo set.

No outro jogo entre brasileiros, o Narbonne, do ponteiro Allan Veríssimo, perdeu em casa para o Tours, dos centrais Leandro Aracaju e Petrus e do ponteiro Pablo Natan. O revés como mandante foi por 3 a 2, sets de 18/25, 25/21, 25/18, 21/25 e 15/12. Allan Veríssimo marcou cinco pontos. Entre os vencedores, Leandro Aracaju fez 14, Petrus, 10, e Pablo Natan, 17.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

O Cannes, do levantador Danilo Gelinski, ganhou do Nice, 3 a 1, séries de 29/27, 21/25, 25/13 e 25/23. O brasileiro iniciou todas as parciais como reserva, mas entrou em todas, contribuindo com dois pontos. Já no feminino, dois jogos com brasileiras e ambos de cinco sets. O Saint Raphael, da central Marjorie, perdeu por 3 a 2 para o TFOC: (25/21, 34/32, 22/25, 22/25 e 15/13. A brasileira fez quatro pontos.

Para finaliza, o Marcq Baroeul derrotou o Istres Provence, das brasileiras Victoria Alves e Jéssica Dallmann, por 3 a 2, sets em 25/27, 25/15, 15/25, 25/21 e 15/13. A ponteira marcou cinco pontos e a central fez um.  

Mais em Vôlei