Siga o OTD

Vôlei

Sesc-RJ, Osasco, Praia, Minas e Bauru vencem na rodada

Sem dar chance para zebras, Sesc-RJ, Osasco, Praia, Minas e Bauru abrem o returno da Superliga com vitórias convincentes.

Foi dada a largada para o returno da Superliga de vôlei feminino. A rodada desta super sexta (17) teve cinco jogos e, em todos eles, o time favorito saiu de quadra vencedor, nada de zebras. Destaque para o Sesc RJ, que vence o Curitiba Vôlei e segue firme na liderança da competição. Mas Praia Clube, Minas, Osasco e Bauru também confirmaram o favoritismo.

+ CONFIRA A TABELA DA COMPETIÇÃO

O Sesc RJ fez sua estreia em 2020 nesta sexta-feira (17.01), diante do Curitiba Vôlei. E a equipe comandada pelo técnico Bernardinho manteve o bom desempenho que vinha demonstrando antes da parada da Superliga feminina de vôlei para as festas de final de ano. Com muita tranquilidade e competência, dominou o time visitante, fez 3 sets a 0 (25-16, 25-17 e 25-20) e saiu do Tijuca Tênis Clube com sua 11ª vitória, chegando aos 33 pontos, na liderança da competição.

Eleita a melhor em quadra, a líbero Natinha comentou a queda de produção do time na terceira parcial, mas afastou qualquer relaxamento relacionado ao período em que ela e suas companheiras ficaram sem entrar em quadra.

“Demos uma bobeira no final, errando bastante no terceiro set. E elas sacaram bem. Só conseguimos fechar o jogo ali porque conseguimos parar de errar no final da parcial. Acho que a parada de final de ano não nos atrapalhou em nada. Voltamos melhores ainda, trabalhando bastante e em uma crescente constante”, analisou Natinha.

Maior pontuadora do confronto, com 15 acertos, a oposta do Sesc RJ Tandara lembrou que a consistência da equipe carioca continuou sendo uma marca forte. A expectativa agora é seguir com esse desempenho em outra competição, a Copa Brasil.

“O Bernardo, desde o início da temporada, vem conversando e pedindo muito para a gente manter sempre o foco e buscar uma regularidade. Tivemos 15 dias de muito trabalho para voltar bem e, apesar de ter oscilado no terceiro set, acho que conseguimos apresentar um bom voleibol. Espero que na terça, diante do Pinheiros, já pela Copa Brasil, sigamos com essa regularidade e consigamos avançar na competição”, finalizou Tandara.

O Sesc RJ receberá o Pinheiros pela primeira fase da Copa Brasil na próxima terça-feira (21.01), no ginásio do Tijuca Tênis Clube, às 19h30. Eliminatório, o confronto vale uma vaga na fase final da competição, que será disputada nos dias 31.01 e 01.02, em Jaraguá do Sul (SC).

Osasco Audax/ São Cristóvão Saúde conquista a terceira vitória consecutiva em 2020

Osasco Audax/São Cristóvão Saúde abriu o segundo turno da Superliga 2019/20 com vitória. Na noite desta sexta-feira (17), no ginásio Lauro Gomes, a equipe comandada pelo técnico Luizomar bateu o São Caetano/São Cristóvão Saúde por 3 sets a 1, parciais de 23/25, 25/12, 25/22 e 25/21, em 1h53min. O resultado representa o terceiro triunfo consecutivo da tradicional equipe, que está invicta em 2020. O próximo compromisso de Jaque, Bjelica, Roberta, Adri Vilvert, Casanova, Camila Brait e cia. será na próxima terça-feira (21), quando recebe o Sesi Bauru pelas quartas de final da Copa Brasil.

Jaque, que recebeu e entregou o troféu VivaVôlei para Adri Vilvert, comemorou os três pontos. “Sabíamos que seria difícil jogar na casa delas, pois aqui sempre é assim. Embora não tenha vencido ainda na Superliga, São Caetano fez vários bons jogos de 3 a 2 e, jogando sem responsabilidade, é mais perigoso ainda. Mas o importante foi manter a tranquilidade nos momentos difíceis e conquistar os três pontos, com o Luizomar colocando mais atletas para rodar”, afirmou a ponteira, que comentou o fato de ter entregado a sua premiação para a central. “A Adri já merecia desde a rodada passada. Tem nos ajudado muito”.

Fernanda Tomé, que enfrentou seu ex-time, também avaliou a partida. “Nunca é fácil jogar aqui no ginásio Lauro Gomes. Mas mostramos a força do grupo. Além das alterações promovidas pelo Luizomar na formação inicial, todas as atletas que entraram corresponderam. E isso é importante, especialmente no segundo turno da Superliga que, para mim, já é o início das finais”.

O jogo – O técnico Luizomar iniciou a partida com uma formação diferente, poupando algumas atletas. Pri Heldes fez a armação das jogadas no lugar de Roberta e Bjelica na vaga de Ellen. Como na rodada passada, Adri Vilvert seguiu substituindo Bia, formando dupla com Mara pelo meio. A oposta Casanova, a ponteira Jaque e a líbero Camila Brait completaram o time. O primeiro set foi equilibrado, mas com as donas da casa comandando o placar a maior parte do tempo. Adri colocou Osasco na frente, após bom saque de Mara (21/20). Jaque ampliou na sequência (22/20), mas o São Caetano reagiu e conseguiu a vitória por 25/23.

Osasco voltou com a mesma formação, mas outra pegada para o segundo set, abrindo logo 6/1. Após estar sete pontos atrás (3/10), o São Caetano conseguiu se manter no jogo e encostou no 11/14, obrigando Luizomar a pedir dois tempos em sequência. A bronca do treinador deu resultado. Com ataques de Casanova e Bjelica, uma incrível sequência de saques de Pri Heldes e erros do adversário, a equipe osasquense abriu novamente e fechou a segunda parcial com propriedade, marcando 25/12.

Com 4/0 no início do terceiro set, Osasco obrigou o treinador do São Cristóvão a queimar um pedido de tempo. Bjelica e Casanova seguiram efetivas no ataque e o time do Audax/São Cristóvão saúde chegou a 12/8. Quando as donas da casa encostaram (12/10), foi a vez de Luizomar parar o jogo. Porém, na sequência o adversário empatou no 12/12. A virada veio no 14/13. Sem perder o foco, as osasquenses seguiram em frente. Com Fernanda Tomé e Adri no bloqueio, fizeram 19/17. A vitória por 25/22 veio com um bloqueio de Mara.

+ INSCREVA-SE NO NOSSO CANAL NO YOUTUBE

O quarto set começou mais complicado para Osasco. Quando São Caetano chegou a 11/7, Luizomar gastou seu segundo pedido de tempo. Vanessa Janke entrou para diminuir a vantagem do adversário para um ponto 13/14. Com mais um bom saque, a ponteira garantiu o empate: 14/14. A virada veio no bloqueio de Adri no 15/14. Com Mara no bloqueio, o Audax abriu dois pontos (18/16). Com ace, Tomé fez 22/18. Ela só saiu do serviço no match point 24/19. Jaque fechou com um ataque na entrada de rede para fazer 25/21.

O Vôlei Osasco-Audax jogou com Pri Heldes, Casanova (23), Bjelica (8), Jaque (13) Adri Vilvert (10), Mara (10) e a líbero Camila Brait. Técnico: Luizomar de Moura. Entraram: Kika, Amanda, Fernanda Tomé (4), Vanessa Janke (3).

O São Cristóvão Saúde/São Caetano entrou em quadra com Ana Cristina (2), Domingas (2),Duda (10), Fernanda (8), Gabriela (5), Sonaly (13) e a líbero Paulina. Técnico: Fernando Gomes. Entraram: Ana Flavia, Giovana, Bruna (11), Letícia.

Caça ao líder

Seguindo de perto o líder Sesc-RJ, o vice-líder Praia Clube venceu o último colocado Valinhos com certa facilidade na noite desta sexta-feira (17) , em Uberlândia.

Um 3 sets a 0 (parciais de 25/20, 25/16 e 25/9) para ninguém botar defeito. Com 15 pontos, a ponteira Fernanda Garay foi a maior pontuadora do confronto. O Valinhos só incomodou na primeira parcial, mas foi caindo de rendimento e se tornou uma presa fácil.

A equipe do Praia Clube está embalada após derrota o rival Minas Tênis Clube pela Superliga. Não à toa, o Valinhos foi dominado e a partida durou apenas uma hora e 20 minutos.

Minas volta a vencer na Superliga

Vitória do Itambé/Minas no último jogo da noite desta sexta-feira. O time mineiro jogou em casa e superou o Flamengo. A central Thaisa teve grande atuação e ficou com o Troféu VivaVôlei. A atacante passou o prêmio para a ponteira Deja que se despediu hoje do Itambé/Minas

Thaisa fez 20 pontos, sendo 16 de ataque e mais quatro no bloqueio.

Agora, o compromisso é pelas quartas de final da Copa Brasil. Nesta terça-feira (21/1), a equipe minastenista recebe o Fluminense, às 20h, na Arena Minas Tênis Clube. O duelo será transmitido, ao vivo, pelo Canal Vôlei Brasil (apenas para assinantes).

Pela Superliga, a equipe volta à quadra na próxima sexta-feira (24/1), às 20h, quando recebe o Valinhos, pela segunda rodada do segundo turno da competição.

Orlando Bento/MTC

O Jogo
Na partida dessa sexta-feira, o técnico Nicola optou por uma escalação alternativa, com Lana e Kasiely e Sheilla como titulares. O time abriu vantagem logo no começo (7/1), mas, depois, viu o Flamengo crescer e abrir vantagem (19/16). Na reta final, a equipe minastenista reagiu, só que o Flamengo levou a melhor e abriu 1 a 0 no jogo (25/22).

No segundo set, Acosta foi mantida com Kasiely e Sheilla. A equipe do Rio de Janeiro equilibrou o duelo, mas o Itambé/Minas soube dominar o adversário e abriu vantagem (10/3). Bruna Honório e Bruninha também entraram, e o time impôs um forte ritmo de jogo. Com boa evolução no setor ofensivo, o time rubro-negro não conseguiu parar as minastenistas, que venceram a parcial com certa tranquilidade: 25/17.

O Flamengo começou o terceiro set um pouco melhor e esteve à frente no placar até o 12º ponto, quando Thaisa entrou em ação e empatou o duelo. Na sequência, um ace espetacular de Acosta agitou os torcedores. A equipe minastenista se manteve à frente no placar. O Flamengo conseguiu equilibrar o jogo na parte final (24/24). Na raça e apoiado pelo torcedor, o time minastenista fez 2 sets a 1: 27/25.

O domínio foi geral da equipe minastenista no quarto set. Muito consistente no ataque e com bloqueio pesado de Gattaz, Thaisa e Acosta, o time minastenista esteve à frente o tempo todo e abriu boa vantagem (16/8). Na reta final, a ponteira Deja McClendon entrou em quadra e agitou o torcedor minastenista. Com um ataque forte, o time fechou o jogo com tranquilidade: 25/17.

Ficha Técnica
Itambé/Minas: Macrís, Sheilla, Lana, Kasiely, Carol Gattaz, Thaisa e Léia (líbero). Entraram: Acosta, Bruninha, Bruna Honório, Luanna. Técnico: Nicola Negro.

Flamengo: Mayer, Malu, Natália, Fê Isis, Jéssica, Carla e Gabi Dutra (líbero). Entraram: Stephany, Bia, Francine, Nandyala e Roberta. Técnico: Alexandre Garrante.
Árbitros: Henrique Salles e Lucas Drummond, ambos de Minas Gerais.
Público: 1.281 torcedores.

Mudanças no Itambé/Minas
Sai a norte-americana Deja McClendon e chega a búlgara Dobriana Rabadzhieva

O Minas Tênis Clube informa que, a partir do jogo dessa sexta-feira (17/1), a ponteira norte-americana Deja McClendon não faz mais parte da equipe Itambé/Minas. Assim, ela está liberada para integrar outra equipe no Brasil ou no exterior. A decisão do Clube foi comunicada à atleta nessa quinta-feira (16/1).

“Quero evidenciar que essa saída não é por questão de rendimento técnico da Deja, que é uma boa jogadora. Mas, pensamos que podemos fortalecer a construção do time, e esse é o momento certo. Agradeço muito à jogadora, pela qual tenho um carinho enorme, e torço muito para que ela tenha um futuro de sucesso”, comentou o técnico Nicola Negro.

Novo reforço
A ponteira búlgara Dobriana Rabadzhieva, 28 anos, 1,90m, é o novo reforço da equipe Itambé/Minas para a sequência da Superliga. Ela desembarca na capital mineira na próxima terça-feira (21/1) e, já no dia seguinte se apresenta ao Clube, para fazer os exames de avaliação médica.

Dobriana vem do Guangdong Evergrande, da China, e chegou a jogar contra o Itambé/Minas no Campeonato Mundial de Clubes, em dezembro último. A atleta atuou, ainda, pelo CSKA Sofia, da Rússia, entre 2005 e 2010; Imoco Conegliano (2010/2011), da Itália, e Rabita Baku, do Azerbaijão (2011 a 2013), pelo qual foi campeã mundial em 2011. A atleta também passou pelo Voléro Zürich, da Suíça (2014 a 2017), Galatasaray Daikin (2013/14), Galatasaray (2017/18) e Fenerbahçe (2019), os três da Turquia.

Nicola Negro acredita que a nova jogadora do Itambé/Minas fortalecerá o setor ofensivo da equipe. “É uma jogadora muito rápida, com grande experiência internacional. É uma atleta completa, com muita qualidade técnica de ataque e bloqueio. Por todas essas características técnicas e pela experiência, nós, da comissão técnica, achamos que ela pode ser um reforço importante para o nosso time”, afirmou o treinador do Itambé/Minas.

Ficha técnica
Nome: Dobriana Ivanova Rabadzhieva
Posição: Ponteira
Data de nascimento: 14/6/91 (28 anos)
Altura: 1,90m
Peso: 77kg
Alcança de ataque: 3,05m
Bloqueio: 2,85m

Clubes que defendeu:

  • CSKA Sofia, da Rússia – 2005 a 2010
  • Imoco Conegliano, da Itália – 2010/11
  • Rabita Baku, do Azerbaijão – 2011 a 2013
  • Voléro Zürich, da Suíça – 2014 a 2017
  • Galatasaray Daikin, da Turquia – 2013/14
  • Galatasaray, da Turquia – 2017/18)
  • Fenerbahçe, da Turquia – 2018/19
  • Guangdong Evergrande, da China – 2019

Sesi-Bauru passa pelo Pinheiros na abertura do returno da Superliga feminina

A expectativa era de equilíbrio. Afinal, o Pinheiros tinha vencido no 1º turno, no tie-break. Só que o Sesi-Bauru tratou de não dar chances para o Pinheiros na noite desta sexta-feira e venceu por 3 sets a 1 (25/20, 21/25, 25/18 e 25/23), no ginásio Panela de Pressão, em Bauru.

Priscila Nóbrega/Sesi-Bauru

Com a vitória, as bauruenses devolveram o revés sofrido no jogo do turno para o time da capital. A ponteira norte-americana Sarah Wilhite, do Sesi-Bauru, anotou 17 pontos para as donas da casa e foi eleita a melhor jogadora da partida.

A oposta Polina Rahimova, maior pontuadora da Superliga e poupada por causa de dores no joelho, acabou não fazendo tanta falta assim e o time do interior controlou o adversário da capital.

AGENDA DO DIA

fev 27 05:00 Etapa do Cairo da Copa do Mundo de Pentatlo Moderno Qualificação Felipe Nascimento fev 27 05:00 Etapa do Cairo da Copa do Mundo de Pentatlo Moderno Qualificação Danilo Fagundes fev 27 07:00 ITF de Heraklion Jordan Correia (BRA) 2 Markos Kalovelonis (GRE) 0 fev 27 09:40 Júnior Internacional da Holanda de badminton Yanis Gaudin (FRA) Willian Guimarães (BRA) fev 27 11:30 Campeonato Pan-Americano cadete e juvenil de esgrima Espada masculino juvenil por equipes fev 27 12:30 ITF de Cordoba João Pedro Sorgi (BRA) Roman Burruchaga (ARG) fev 27 13:00 ATP de Santiago Thiago Monteiro (BRA) Roberto Baena (ESP) fev 27 14:00 Campeonato Pan-Americano cadete e juvenil de esgrima Florete Feminino Juvenil por equipes fev 27 14:30 ATP de Santiago Thiago Wild (BRA) Juan Londero (ARG) fev 27 15:00 Challenger de Columbus Guilherme Clezar (BRA) Denis Istomin (UZB) fev 27 15:57 El Bosque Mexico Championship de golfe Round 1 Rodrigo Lee fev 27 16:00 ATP de Santiago Marcelo Demoliner (BRA)/Matwe Middelkoop (HOL) Marcelo Vera (CHL)/Alejandro Tabilo (CHL) fev 27 16:00 ITF de Cordoba Ignacio Carou (URU)/Camilo Carabelli (ARG) João Pedro Sorgi (BRA)/Juan Cerundolo (ARG) fev 27 16:00 Campeonato Pan-Americano de Escalada Qualificação feminina Bianca Castro fev 27 16:00 Campeonato Pan-Americano de Escalada Qualificação feminina Thaís Makino fev 27 16:00 Campeonato Pan-Americano de Escalada Qualificação feminina Luana Riscado fev 27 17:00 Campeonato Pan-Americano cadete e juvenil de esgrima Sabre Masculino Juvenil por equipes fev 27 18:00 Libertadores Sub-20 de futebol masculino - Semifinal Flamengo Independiente Del Valle (EQU) fev 27 20:00 NBB Minas Tênis Clube São José Basketball fev 27 20:15 Libertadores Sub-20 de futebol masculino - Semifinal River Plate (ARG) Libertad (PAR) fev 27 23:00 Mundial de RS:X Bruna Mello fev 27 23:00 Mundial de RS:X Patrícia Freitas

Mais em Vôlei