Siga o OTD

Universíade

Prata no futebol fecha melhor Universíade do Brasil

Seleção universitária de futebol masculino fez o último dos inéditos 17 pódios na campanha do Brasil em Napoli

Univesríade

A seleção universitária de futebol ficou com a medalha de prata no torneio masculino da Universíade. Foi o décimo-sétimo pódio do Brasil, conquistado neste sábado (13), último dia das competições em Napoli, na Itália. A melhor campanha da história.

A prata veio após a derrota para o Japão por 4 a 1. Foi o melhor resultado da seleção universitária de futebol em torneios masculinos da Universíade. Até então, o país tinha conquistado apenas a medalha de bronze.

“Acho que foi mérito deles (japoneses). Sabíamos que eles eram um time intenso, na marcação tanto ofensiva quanto defensiva e taticamente eles foram superiores hoje”, disse Matheus Kayser, capitão do time, após a final.

A partida encerrou a Universíade, que durou 12 dias e contou com 118 países, mais de 6 mil atletas e 18 modalidades. O Brasil conquistou, no total, 17 medalhas na competição, sendo cinco de ouro, três de prata e nove de bronze. Até então, o recorde eram quatro ouros na Universíade de Esmirna, em 2005, e de Kazan, em 2013.

Medalhas do Brasil na Universíade de Napoli

Ouros
Atletismo
100m e 200m – Paulo André Camilo
400m com barreiras – Alison Santos
110m com barreiras – Gabriel Constantino

Natação
50m peito – Jhennifer Alves

Prata
Atletismo
Salto triplo – Mateus Adão

Futebol masculino

Natação
Revezamento 4×100 – Luiz Gustavo Borges, Gabriel Ogawa, Felipe Ribeiro, Marco Antônio Junior

Bronze
Atletismo
Salto triplo – Alexsandro de Melo
100m – Rodrigo do Nascimento

Ginástica Artística
Salto – Luís Guilherme Porto

Judô
-90kg – Gustavo Assis
Absoluto – Sibilla Faccholi
Absoluto – João Marcos da Silva

Natação
100m livre – Marco Antônio Junior
4x200m – Gabriel Fantoni, Marco Antônio Junior, Pedro Cardona e Iago Moussalem

Taekwondo
-62kg – Bárbara Novaes

Mais em Universíade