Siga o OTD

Hugo Calderano

Tênis de Mesa

Calderano reforça time em busca de reabilitação na Bundesliga

Sexto do mundo, Calderano é o único atleta invicto nesta temporada da liga alemã e volta à ação após ser poupado nas últimas rodadas

Hugo Calderano é o número seis do mundo (Nico Schaal/Liebherr Ochsenhausen)

Calderano reforça time em busca de reabilitação na Bundesliga

Hugo Calderano volta à mesa nesta quarta-feira (13) para tentar ajudar o Liebherr Ochsenhausen a se reabilitar na Bundesliga, a liga alemã de tênis de mesa. Diante de Mühlhausen, às 15h (de Brasília), a equipe espera voltar a vencer após tropeços nas duas últimas rodadas. Poupado, o brasileiro ficou fora de ambas as partidas.

Um triunfo nesta quarta reaproxima Ochsenhausen da liderança da liga. Isso porque o time ocupa atualmente a segunda posição, com oito vitórias em 11 jogos, somente duas a menos do que o primeiro colocado Borussia Düsseldorf. Mühlhausen está em oitavo, com cinco triunfos em dez partidas.

+Veja todas as notícias sobre tênis de mesa

Além disso, sexto colocado do ranking mundial, Hugo Calderano tem os números a seu favor para ajudar Ochsenhausen. O carioca de 24 anos venceu todos os seis jogos que disputou até aqui nesta temporada da Bundesliga, sendo o único atleta ainda invicto na competição.

Calderano faz treinos especiais de olho em Tóquio

Além da Bundesliga, Hugo Calderano tem objetivos claros para esta temporada. Entre eles, se manter entre os quatro primeiros do ranking olímpico e tentar a inédita medalha olímpica para a modalidade do país em Tóquio-2020.

Para tanto, o consultor técnico da CBTM (Confederação Brasileira de Tênis de Mesa) e técnico pessoal do atleta, Jean-René Mounié, foi enviado pela entidade para Ochsenhausen, na Alemanha, onde programou um período especial de preparação neste início de ano.

Hugo Calderano
Hugo Calderano tem 24 anos (ITTF)

Assim, as duas primeiras semanas do ano foram inteiramente dedicadas a este treinamento específico, com intervalo apenas para os jogos decisivos da Copa da Alemanha, na qual o time de Hugo Calderano ficou com o vice-campeonato.

“Esse período, no início do ano, é chave para permitir ao Hugo disputar bem todas as competições até agosto. Começamos com exercícios de ritmo e demos prioridade ao trabalho de movimentos e fluidez. ”, explicou Mounié.

Trabalho a longo prazo

Segundo o treinador, ainda é muito difícil fazer um planejamento perfeito sem ter uma definição clara sobre o calendário internacional. A primeira competição prevista é o WTT Star Contender, em Doha, no Catar, a partir de 8 de março.

Mas o técnico explica que a base do programa de treinamentos de pernas e ritmo de Hugo Calderano será importante também para ele enfrentar os principais desafios de sua carreira.

+ SIGA O OTD NOYOUTUBE, NOINSTAGRAM E NOFACEBOOK

“Não é somente com esse período que haverá um impacto, mas o Hugo tem um estilo de jogo com uma dimensão atlética importante. Ele precisa focar nesta parte para ter capacidade de impor o sistema de jogo dele ao adversário. É um jogo muito físico e com grande exigência. Por isso, ele precisa começar o ano desta maneira”.

Mais em Tênis de Mesa