Siga o OTD

Copa Tango Paralímpica

Paralímpicos

Brasileiros conquistam 11 medalhas na Copa Tango

Claudio Massad e Thais Severo foram os grandes destaques entre os brasileiros, com medalhas douradas

Daniel Zappe/Exemplus/CPB.

Brasileiros conquistam 11 medalhas na Copa Tango

O Brasil mostrou força mais uma vez no tênis de mesa paralímpico internacional. Os mesa-tenistas do país conquistaram, ao todo, 11 medalhas nos torneios individuais da Copa Tango, em Buenos Aires, capital da Argentina. Os grandes destaques foram Claudio Massad e Thais Severo, que venceram suas respectivas classes.

Thais ganhou a disputa das classes 2-5. Depois de passar com folga na fase de grupos, ela bateu a venezuelana Johana Andrade, na semifinal, por 3 a 0 (11/2, 11/5 e 11/4). Na decisão, superou a argentina Maria Constanza Garrone, por 3 a 1 (8/11, 11/3, 11/9 e 11/9).

Na classe 10 masculina, Claudio Massad teve uma campanha praticamente perfeita, pois não perdeu nenhum set no torneio. Na decisão do ouro, ele superou o chileno Manuel Felipe Echaveguren, considerado um dos melhores atletas de sua classe nas Américas (11/9, 11/6 e 11/3).

“Estou muito feliz com essa conquista, afinal é uma etapa do Circuito Mundial. Consegui fazer meu jogo e uma variação muito grande na partida, e conquistei essa medalha para o país e para a minha cidade, Bauru. Me motiva a continuar trabalhando e lutando, pois estou me preparando para buscar a vaga em Tóquio na seletiva do ano que vem”, disse Massad, que fez uma série de agradecimentos:

“Queria agradecer, em especial, a minha esposa Edilaine Ribeiro, minha mãe Claudete, minha tia Betina, que investe em mim, aos meus patrocinadores e a CBTM, que tem me ajudado muito nas últimas viagens”.

Outros três brasileiros chegaram nas finais de outras classes. Guilherme Costa ficou com a prata da classe 2, perdendo para o chileno Luis Bustamante Flores na decisão. Ecildo Lopes também foi prata na classe 4, caindo para outro chileno, Maximiliano Avila. João Nascimento Júnior também chegou na final, na classe 8, batido pelo costa-ricense Steven Chinchilla no último jogo. Flavio Seixas foi o quarto brasileiro com prata, superado na decisão da classe 9, para o malaio Chao Ming Chee.

Por fim, as cinco medalhas de bronze: Elem Alves ficou em terceiro no grupo único das classes 7-10 feminina, assim como Aloisio Lima, na classe 1 masculina, e Kaike Medina, na 5 masculina; Leôncio Filho foi eliminado na semifinal da 4 masculina, por Ecildo Lopes, que ficou com a prata; e, Lucas Grilo foi semifinalista da 8 masculina.

A Copa Tango segue até domingo, com as competições de equipes.

Mais em Paralímpicos