Siga o OTD

Hugo Calderano enfrenta o chinês Ma Long pelo Mundial Individual de tênis de mesade 2019

Tênis de Mesa

Hugo Calderano vence duas e vai às quartas no Japão

Hugo Calderano precisou de sete games para superar os dois primeiros adversários e está nas quartas do Aberto do Japão

Hugo Calderano vence duas e vai às quartas no Japão

O brasileiro Hugo Calderano precisou mostrar todo o seu tênis de mesa para avançar no Aberto do Japão nesta sexta-feira (14). Ele venceu as duas primeiras partidas por 4 games a 3 e se classificou para as quartas de final, marcadas para sábado (15).

O Aberto do Japão é uma competição platinum, o nível mais alto do Circuito Mundial de de tênis de mesa.

Na próxima fase Hugo Calderano irá enfrentar Lin Yun-Ju, de Taipei, que eliminou nas oitavas ninguém menos do que Lin Gaoyuan, chinês que entrou na competição como o número dois do mundo. Lin Yun-Ju era o 20º e o brasileiro, o oitavo. O jogo está marcado para 1h10 (Brasília) da madrugada de sábado (15).

Se vencer, Calderano poderá enfrentar novamente o chinês Liang Jingkun, semifinalista no Mundial de Budapeste e sétimo melhor do ranking mundial. Os dois jogaram as oitavas de final do Aberto da China, também torneio platinum, no final de maio e o asiático venceu por 4 a 2 (11/8, 8/11, 11/9, 9/11, 4/11, 6/11).

Nas oitavas Liang Jingkun pega o compatriota Sun Wen, com posição mais modesta no ranking mundial.

Duas primeiras no Aberto do Japão de tênis de mesa

Nas partidas desta sexta Hugo Calderano confirmou seu favoritismo, apesar das dificuldades. Primeiro derrotou o japonês Takuya Jin, que apesar ser apenas o número 187 do mundo já havia feito ótimos duelos contra adversários muito acima de sua posição no ranking. O brasileiro venceu com parciais 11/2, 8/11, 12/10, 8/11, 11/7, 8/11 e 11/6.

Depois pegou o alemão Ruwen Filus, número 83 e velho conhecido de disputas na Liga Alemã, onde o brasileiro também atua. Adversário experiente, com 31 anos e estilo defensivo, criou dificuldades e Calderano também precisou de sete games.

O alemão venceu com autoridade o primeiro set. Calderano reagiu no segundo e o jogo seguiu muito equilibrado até o quinto set, quando Filus marcou 3 a 2 no placar. E foi aí que o brasileiro mostrou o que tinha de melhor. Utilizando golpes muito potentes, tirou o alemão da zona de conforto, obrigando-o a se deslocar mais na mesa. Arrasador, foi absoluto nos dois últimos sets, fechando em 4 a 3 (5/11, 11/5, 9/11, 11/7, 9/11, 11/5 e 11/3).

“Com as mudanças no ranking mundial, os melhores atletas passaram a ter que jogar todos os principais torneios. Então, todo aberto platinum vai ser assim, com adversários fortes desde o primeiro jogo”, avaliou Calderano.

Mais em Tênis de Mesa