Siga o OTD

Brasileiras decepcionam no ITF de Olímpia. Carolina Meligeni segue viva na chave de simples

Tênis

Brasileiras vivem dia de altos e baixos em Olímpia

Das cinco donas de casa que entraram em quadra nesta terça (10), três seguem para a segunda fase. No México, brasileiros decepcionam

Carolina Meligeni é uma das favoritas no interior paulista (Foto: Divulgação)

Brasileiras vivem dia de altos e baixos em Olímpia

O segunda dia da chave feminina no ITF de Olímpia, em São Paulo, foi de altos e baixos para as brasileiras. Nesta terça-feira (10), três das cinco anfitriãs que entraram em quadra no simples avançaram, enquanto todas as duplas compostas inteiramente por donas da casa deram adeus à competição.

Brasil consegue bom aproveitamento no simples

Ingrid Gamarra Martins abriu os trabalhos vencendo a compatriota Laura Plaza Araújo sem maiores dificuldades, por 2 a 0 (parciais de 6/2 e 6/0). Na quadra ao lado, Eduarda Piai travou uma batalha de mais de duas horas com a norte-americana Jaleesa Leslie, que acabou derrotada de virada por 2 a 1 (parciais de 7/6, 4/6 e 1/6).

Logo na sequência, a brasileira Nathaly Kurata não foi párea para a húngara Dorka Drahota Szabo e foi derrotada por 2 a 0, com parciais de 6/2 e 6/3. Por outro lado, Carol Meligeni fez bonito e superou a britânica Emily Appleton também por 2 a 0 (parciais de 6/2 e 6/1).

+INSCREVA-SE EM NOSSO CANAL NO YOUTUBE

Fechando o dia de simples, Gabriela Cé fez uma partida dura com a argentina Victoria Bosio e acabou superada por 2 a 0 (parciais de 7/6 e 6/2), em duelo que durou quase duas horas.

Brasileiras decepcionam nas duplas

Nas duplas, o Brasil não teve tanta sorte. Ao lado da norte-americana Jaleesa Leslie, Jennifer Rosa Dourado perdeu para a equipe formada pela belga Marie Benoit e pela cazaque Anna Danilina por 2 a 0, com parciais de 6/1 e 6/3.

Laiza Sicatto da Silva e Vivian Mayumi caíram para a argentina Guilhermina Naya e a americana Holly Verner com um duplo pneu. Já Ingrid Gamarra Martins e Thaisa Grana Pedretti ofereceram maior resistência as espanholas Irene Burillo e Andrea Lazaro Garcia, mas sucumbiram por 2 a 0 (parciais de 6/4 e 7/6).

Por fim, as brasileiras Paula Cristina Gonçalves e Eduarda Piai pararam na dupla formada pela compatriota Rebeca Pereira e pela chilena Bárbara Gatica, com parciais de 6/4 e 7/6.

Brasileiros no ITF de Cancún

Única mulher a representar o Brasil nas quadras mexicanas, Stella Chianella, que atuou ao lado da colombiana Alejandra Gutierrez, deu adeus à chave de duplas ao perder para a holandesa Dewi Djikman e a francesa Carla Touly por 2 a 0, com duplo 6/1.

No torneio masculino, Alex Blumenberg foi derrotado. Jogando junto do colombiano Andrés Urrea, o brasileiro foi superado pelos norte-americanos Justin Butsch e Reese Stalder de virada (parciais de 7/6, 6/4 e 7-10).

Fechando o dia canarinho em Cancún, Fernando Yamacita mostrou entrosamento ao lado do japonês Shintaro Mochizuki e venceu os argentinos Franco Fetit e Guido Ivan Justo por 2 a 0, com parciais de 3/6, 7/6 e 10-4.

Mais em Tênis