Siga o OTD

Surfe

Dois brasileiros avançam à terceira fase em Margaret River

Reprodução/Twitter

Dois brasileiros avançam à terceira fase em Margaret River

Etapa de Margaret River do Mundial de Surfe começou nesta madrugada, com Gabriel Medina e Filipe Toledo avançando para a terceira fase. Próxima chamada será às 20h (horário de Brasília) desta sexta-feira.

Após longo período de espera, a etapa de Margaret River iniciou nas primeiras horas desta sexta-feira. Ainda com o mar fora de suas melhores condições, apenas os homens foram para a água. Ao todo, foram realizadas sete baterias da primeira fase. Como o mar tende a piorar na próxima semana, a organização optou pelo início do campeonato na tarde australiana em North Point. A próxima chamada para a terceira e última parada da perna australiana será às 20h (horário de Brasília) desta sexta-feira.

Encontrando um mar em condições bem distintas, Gabriel Medina e Filipe Toledo garantiram vaga direta na terceira fase da competição. Já Ian Gouveia, Tomas Hermes, Miguel Pupo e Jessé Mendes vão para a repescagem. Adriano de Souza, Yago Dora, Willian Cardoso, Ítalo Ferreira e Michael Rodrigues ainda entrarão em ação em Margaret.

Para esta etapa, o Brasil não terá Caio Ibelli. O surfista sofreu uma fratura no pé direito durante um treino e foi substituído por Jack Robinson (AUS).

Gabriel Medina avança em Margaret

 


Vindo de um bom resultado em Bells Beach (3ª colocação), Gabriel Medina está na terceira fase de Margaret River. Na quinta bateria da primeira fase, o campeão mundial conseguiu a melhor nota da bateria (7,33) para vencer o local Kael Walsh (AUS) e o francês Joan Duru. Medina, além de bons tubo, também se aventurou nos aéreos, todo com boa altura. O natural de Maresias, no entanto, não encontrou uma segunda boa nota na bateria. Mesmo assim, garantiu a classificação.

Filipinho sofre com falta de ondas, mas avança

Com mais da metade da bateria paralizada, Filipe Toledo conseguiu a vitória na sétima bateria do dia. Com as somas mais baixas do dia, Filipinho superou Conner Coffin (EUA) e Michael February (AFS) e garantiu a vaga na terceira fase de Margaret River. Em um mar já em condições ruins, o brasileiro conseguiu a virada nos últimos minutos, em onda apenas de manobras.

Ian sofre virada de Jordy Smith

 


Em busca de sua primeira vitória na temporada, Ian Gouveia fez uma boa apresentação na abertura de Margaret River. Com uma boa leitura dos tubos, brasileiro liderou grande parte da bateria. Porém, após um início fraco, o sul-africano Jordy Smith encontrou a melhor onda da bateria (7,67) e, nos minutos finais, trocou sua segunda nota para assegurar uma vaga na terceira fase. A segunda bateria da primeira fase ainda contou com o brasileiro Tomas Hermes, que não se encontrou. Ian foi eliminado na repescagem nas duas últimas competições.

Local apronta para cima de Miguel Pupo

 


Substituindo o lesionado Caio Ibelli, o australiano Jack Robinson mandou Miguel Pupo e Owen Wright (AUS) para a repescagem. Habituado com as ondas pesadas de North Point, Jack fez a melhor onda do dia (8,27) e a melhor somatória para se classificar para a terceira fase da competição. Já Miguel, que entrou no lugar de Kelly Slater (EUA), teve dificuldades na terceira bateria da primeira fase e foi para o round dois.

Caio Ibelli é desfalque

 


O brasileiro Caio Ibelli quebrou o pé direito durante um treino e não disputará a etapa de Margaret River. O atleta sofreu a lesão ao voltar de uma manobra aérea. Antes da competição, foi realizada a triagem para eleger o substituto de Caio. Vencedor da disputa, Jack Robinson (AUS) ,entrou na terceira bateria do dia, contra Owen Wrght (AUS) e Miguel Pupo. O prazo de recuperação para Ibelli varia entre seis e doze semanas.

Camiseta amarela vence Jessé Mendes

 


Líder do ranking mundial ao lado de Ítalo Ferreira, Julian Wilson (AUS) mandou o estreante Jessé Mendes para a repescagem. Conseguindo a melhor onda da bateria logo em sua primeira onda, o australiano jogou a pressão para o brasileiro e David Delroy-Carr (AUS). Jessé ainda respondeu com um 6,00, mas não encontrou uma segunda onda suficiente para a virada. Mendes e Delroy-Carr disputarão a repescagem.

 

Confira as baterias da primeira fase masculina:

1: Keanu Asing (HAV) 10,70 X Matt Wilkinson (AUS) 5,33 X Connor O´Leary (AUS) 2,84

2: Jordy Smith (AFS) 12,17 X Ian Gouveia (BRA) 10,67 X Tomas Hermes (BRA) 2,54

3: Jack Robinson (AUS) 13,94 X Owen Wright (AUS) 4,03 X Miguel Pupo (BRA) 2,40

4: John John Florence (HAV) 14,60 X Mikey Wright (AUS) 11,87 X Wade Carmichael (AUS) 8,50

5: Gabriel Medina (BRA) 10,16 X Kael Walsh (AUS) 8,96 X Joan Duru (FRA) 1,97

6: Julian Wilson (AUS) 10,56 X Jessé Mendes (BRA) 10,00 X Dave Delroy-Carr (AUS) 3,40

7: Filipe Toledo (BRA) 6,14 X Conner Coffin (EUA) 5,87 X Michael February (AFS) 2,57

Baterias não realizadas

8: Adriano de Souza (BRA) X Kanoa Igarashi (EUA) X Yago Dora (BRA)

9: Adrian Buchan (AUS) X Griffin Colapinto (EUA) X Willian Cardoso (BRA)

10: Italo Ferreira (BRA) X Sebastian Zietz (HAV) X Michael Rodrigues (BRA)

11: Kolohe Andino (EUA) X Frederico Morais (POR) X Ezekiel Lau (HAV)

12: Joel Parkinson (AUS) X Michel Bourez (TAH) X Patrick Gudauskas (EUA)

Mais em Surfe