Siga o OTD

Surfe

Cinco brasileiros seguem na briga no Challenger Series de Portugal

Silvana Lima passou para as quartas de final e é a única representante do país na chave feminina. No masculino, João Chianca, Thiago Camarão, Samuel Pupo e Alejo Muniz estão nas oitavas

Samuel Pupo Challenger Series surfe portugal brasileiros
Samuel Pupo segue atrás do bi (@WSL/Damien Poullenot)

Foram cinco os brasileiros que avançaram nesta quinta-feira (7) no Challenger Series de Portugal de surfe. Silvana Lima se classificou para as quartas de final da chave feminina, a única representante do país lá. João Chianca, Thiago Camarão, o atual campeão Samuel Pupo e Alejo Muniz passaram para as oitavas de final entre os homens. Summer Macedo, Mateus Herdy, Deivid Silva, Ian Gouveia e Caio Ibelli foram eliminados. A competição no point break de Ribeira D’Ilhas, em Ericeira, tem a próxima chamada agendada para as 3h35 da sexta-feira (8), pelo horário de Brasília.

Silvana Lima venceu Keely Andrew na abertura das oitavas de final na chave feminina. A brasileira saiu atrás após a australiana conseguir uma nota cinco logo na segunda onda, mas depois virou com um 8,17 na quarta e um 9,03 na sexta, formando os 17,20 finais, melhor somatória do dia entre os brasileiros. Andrew conseguiu 10,93. Na segunda bateria, Summer Macedo perdeu para a francesa Pauline Ado por apenas 1,90. A brasileira registrou um 5,33 na terceira e um 5,67 na quinta e última onda que surfou, somando 11,00 no final. Pauline fez 6,83 e 6,07 nas duas últimas e alcançou 12,90.

Na disputa por uma vaga nas semifinais do Challenger Series de Portugal, Silvana vai pegar justamente Pauline Ado na primeira bateria. A seguir tem a japonesa Shino Matsuda contra a havaiana Gabriela Bryan. Brisa Hennessy, de Costa Rica, enfrenta Ariane Ochoa, do País Basco, na terceira e, por fim, o duelo havaiano entre Bettylou Sakura Johnson e Luana Silva. Se vencer, a brasileira encara quem passar de Matsuda e Bryan.

Masculino

A chave masculina de Portugal teria um dos oito brasileiros logo na primeira bateria, mas Deivid Silva precisou deixar a competição por problemas particulares. João Chianca veio na segunda e venceu com 13,43. O peruano Lucca Mesinas fez 11,17 e também se classificou, eliminando o número dois do ranking do Challenge Series, Jake Marshall, dos Estados Unidos. O líder é Griffin Colapinto, também dos EUA, mas ele já corre o Championship Tour, a elite do circuito mundial de surfe da WSL. O Challenge Series é uma divisão de acesso com quatro etapas.

João Chianca Challenger Series surfe portugal brasileiros
Chianca em ação em Portugal (@WSL/Damien Poullenot)

Thiago Camarão e Mateus Herdy correram a quarta bateria ao lado de Carlos Munoz. O costarriquenho venceu com folgas, marcou 16,17, e avançou ao lado de Camarão, o segundo com 13,40. Herdy somou 12,77 e foi eliminado. Samuel Pupo venceu a sexta bateria com 16,07 pontos e se classificou para as oitavas junto com o australiano Jackson Baker, que fez 15,00. Ian Gouveia conseguiu 12,43 e ficou por ali. Alejo Muniz conseguiu passar vencendo a sétima bateria com 13,96, deixando o Josh Burke, de Barbados, em segundo com 12,50 e o australiano Cooper Chapman eliminado em terceiro com 9,83. Caio Ibelli disputou a oitava e, com 13,87, ficou atrás de Callum Robson, da Austrália, 15,17, e de Imaikalani deVault. O havaiano conquistou uma nota 10 na sexta onda e fechou com 19,60, a melhor somatória do dia de surfe.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

“Essa minha última onda foi muito boa. Quando vi a série entrando, eu sabia que essa onda ia ser incrível. Fingi que não estava muito interessado, pra ninguém remar nela. O Ian (Gouveia) deu uma olhada, mas acabou não indo, então peguei ela pra passar em primeiro”, disse Samuel Pupo, que ficou analisando o mar com seu pai, Wagner Pupo, de cima do penhasco. “Lá de cima você consegue ver tudo melhor. Dá para ver como as ondas quebram em cada bancada e aquele double up no inside. Já sabia que ali, eu poderia fazer umas manobras boas, pra conseguir uma nota mais alta. Agora vou relaxar e assistir a competição, especialmente as meninas, que estão quebrando.”

Nas oitavas de final, João Chianca será primeiro dos brasileiros a cair na água, pega o australiano Jordan Lawler na segunda bateria. A seguir, na terceira, Thiago Camarão pega Nat Young, dos Estados Unidos. Samuel Pupo vem na sexta contra outro representante da Austrália, Dylan Moffat, mesma nacionalidade de Callum Robson, rival de Alejo Muniz na sétima.

Challenger Series de Portugal de surfe – brasileiros

Masculino – oitavas
1ª bateria: Ezekiel Lau (HAV) x Lucca Mesinas (PER)
2ª bateria: Jordan Lawler (AUS) x João Chianca (BRA)
3ª bateria: Nat Young (EUA) x Thiago Camarão (BRA)
4ª bateria: Carlos Munoz (CRI) x Hiroto Ohhara (JPN)
5ª bateria: Cole Houshmand (EUA) x Jackson Baker (AUS)
6ª bateria: Samuel Pupo (BRA) x Dylan Moffat (AUS)
7ª bateria: Alejo Muniz (BRA) x Callum Robson (AUS)
8ª bateria: Joshua Burke (BRB) x Imaikalani Devault (HAV)

Feminino – quartas de final
1ª bateria: Pauline Ado (FRA) x Silvana Lima (BRA)
2ª bateria: Shino Matsuda (JPN) x Gabriela Bryan (HAV)
3ª bateria: Brisa Hennessy (CRI) x Ariane Ochoa (PBS)
4ª bateria: Bettylou Sakura Johnson (HAV) x Luana Coelho Silva (HAV)

APOIE O OLIMPÍADA TODO DIA

Desde setembro de 2016, o Olimpíada Todo Dia não deixa você ter saudade dos Jogos nunca. É o único veículo de comunicação que todos os dias traz a trajetória dos atletas olímpicos e paralímpicos, combatendo a monocultura do futebol e na busca de ajudar a mudar a cultura esportiva do Brasil. Gosta do nosso trabalho? Nos apoie! Faça um pix para [email protected]

Outra alternativa para nos apoiar é usando o cupom OTD em compras na Centauro. Com o cupom, você ganha 10% de desconto na compra de equipamentos esportivos e parte do valor será revertido para o Olimpíada Todo Dia. Vale lembrar que os descontos não são cumulativos. Se alguma peça já estiver em oferta, você não conseguirá aumentar o desconto, mas se colocar o cupom OTD, parte do valor vai ajudar o portal do mesmo jeito. Você pode comprar também pela vitrine do OTD no site das Centauro.

Mais em Surfe