Siga o OTD

Tatiana Weston-webb Margaret River

Surfe

Brasil segue com três atletas na etapa de Margaret River, na Austrália

Tatiana Weston-Webb é semifinalista no feminino e Filipe Toledo e Ítalo Ferreira se enfrentam nas quartas de final do masculino na etapa do circuito mundial

(Photo by Cait Miers/World Surf League via Getty Images)

Brasil segue com três atletas na etapa de Margaret River, na Austrália

O Brasil segue com chance de título no masculino e feminino em Margaret River, a terceira etapa do circuito Mundial de surfe de 2021. Na madrugada desta quinta-feira (6), Tatiana Weston-Webb foi o destaque brasileiro ao avançar para a semifinal feminina com a maior nota do dia. Já entre os homens, Ítalo Ferreira e Filipe Toledo segue vivos, e se enfrentam nas quartas de final.

Tatiana Weston-Webb tem maior nota do dia e avança

Na segunda bateria pelas quartas de final em Margaret River, Tatiana Weston-Webb teve como adversária a australiana Tyler Wright. Nos primeiros minutos do confronto, a brasileira foi melhor e com uma combinação de 9.67. Na sequência, buscando a virada, Tyler conseguiu uma boa onda e somou 5.50, chegando em um total de 8.83 e deixou a disputa aberta contra a surfista do Brasil.

Após o 5.50, a australiana deu um pouco de sorte. Quando estava voltando para a sua posição de espera, a surfista encontrou uma onda, encaixou algumas manobras e fez a maior nota da bateria. Com o 6.67, Tyler Wright chegou em 12.17 e jogou um pouco de pressão na adversária. Buscando a virada, a brasileira conseguiu a melhor nota do dia, até o momento.

-Larissa Paes quer ser 1ª brasileira com vaga olímpica na patinação de velocidade

Com duas manobras grandes e rasgadas em uma das maiores ondas do dia, Tatiana Weston-Webb tirou um 9.23, somando um 15.23. Como resposta, Tyler Wright também foi para uma série de manobras e tirou um 7.50, chegando em um 14.17. Buscando definir a bateria, a brasileira foi para mais uma onda e colocou seu total em 16.23, faltando menos de 5 minutos. Com isso, foi só esperar a buzina para a surfista que representará o Brasil na Olimpíada de Tóquio fosse confirmada como semifinalista de Margaret River.

No confronto por um dos lugares na decisão da etapa do Mundial de surfe de 2021, Tatiana Weston-Webb terá pela frente a australiana Bronte Macaulay. Com a vaga na semifinal, a brasileira ultrapassou Caroline Marks e assumiu a segunda colocação geral do ranking mundial de 2021, atrás apenas da americana Carissa Moore.

Ítalo Ferreira domina e vence duelo brasileiro

No primeiro duelo brasileiro do dia, Ítalo Ferreira e Caio Ibelli começaram com tudo em Margaret River. Logo nos primeiros sete minutos de confronto, os dois surfistas já tinham somado 10 ondas, no total, e Ítalo vencia a bateria com 13.67 contra 9.57.

Já na segunda parte da bateria, Ítalo aumentou ainda mais a vantagem na bateria. Com uma onda surfado do começo ao fim, o último campeão mundial do circuito saiu com um 8.17, a segunda melhor nota do dia até o momento, e chegou em 15.84. Como resposta, Caio Ibelli aumentou sua somatória para 10.83 e seguiu vivo na disputa por uma das vagas nas quartas de final.

(Photo by Matt Dunbar/World Surf League via Getty Images)

Já nos minutos finais, Ítalo melhorou ainda mais seu total. Com um 8.40, o brasileiro somou 16.57 e foi só esperar a buzina para que a vaga nas quartas de final da etapa do Mundial de surfe fosse confirmada.

Filipe Toledo aproveita as chances e vence Jadson André

Fechando as oitavas de final do masculino, Filipe Toledo e Jadson André tiveram problemas para engrenar na disputa. Com uma menor quantidade de ondas boas, em relação ao começo do dia, os dois brasileiros tiveram que aproveitar as chances que tiveram. Com isso, as duas somatórias dos atletas chegaram na parte final da disputa sem passar os 10 pontos, com Filipinho levando vantagem com 9.97 contra 9.47.

Na reta final, os dois brasileiros não tiveram muitas oportunidades de melhorar as notas. Nos minutos finais, Filipe Toledo conseguiu um 6.33, subiu seu total para 11.83 e se garantiu entre os oito melhores surfistas de Margaret River.

Eliminações do dia

Gabriel Medina dá adeus a Margaret River

Campeão da última etapa e líder do ranking mundial, Gabriel Medina começou com tudo a disputa contra Seth Moniz, do Havaí. Com um 6.00, o brasileiro tomou a liderança da bateria logo nos primeiros minutos. Atrás na bateria, o surfista havaiano apostou na consistência e encostou na disputa. Na terceira onda surfada, Moniz assumiu a liderança, com 8.67.

Gabriel Medina Margaret River
WSL/ Matt Dunbar

Já na segunda metade da disputa, Seth Moniz chegou na sua melhor somatória, com 9.84, e complicou o brasileiro. Diferente do havaiano, Gabriel Medina errou mais do que podia. Sem conseguir finalizar suas tentativas. o líder do ranking mundial só conseguiu somar mais um 3.53 ao seu 6.00 e, com um total em 9.53, foi derrotado e eliminado da etapa do circuito Mundial de surfe.

-Arthur Zanetti faz camping com avaliação nas argolas visando Tóquio

Peterson Crisanto é eliminado por Florence

Abrindo o dia de surfe em Margaret Rivet, Peterson Crisanto caiu na água para duelar com John John Florence, da Havaí. No confronto contra o campeão mundial, o brasileiro teve dificuldade. Após um primeiro momento de liderança, por conta da primeira onda em que conseguiu um 5.17, Peterson tomou a virada e ficou atrás de Florence o restante do tempo.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO FACEBOOK 

(Ed Sloane / WSL)

Na reta final, com um total de 13.50, John John Florence colocou o brasileiro em dificuldade na disputa, tendo menos de 10 minutos para o fim. Neste momento, Peterson Crisanto precisava de uma nota de no mínimo 8.33 para a virada. Contudo, sem ter a prioridade, o brasileiro sofreu para encontrar uma boa onda e acabou sendo eliminado da etapa do Mundial de Surfe.

Mais em Surfe