Siga o OTD

Pequim 2022

Canadá conquista o bronze no Curling de Cadeira de Rodas

Canadá não chegou à final, mas garantiu o bronze no Curling de Cadeira de Rodas em Pequim 2022 ao derrotar a Eslováquia por 8 x 3

Canadá Curling de Cadeira de Rodas Jogos Paralímpicos de Inverno Pequim 2022
Com Mark Ideson de skip, Canadá repete bronze paralímpico de quatro anos atrás em Pequim 2022 (Getty Images)

Considerada a principal potência paralímpica do Curling de Cadeira de Rodas, a equipe do Canadá manteve a tradição. O país se despede dos Jogos Paralímpicos de Inverno de Pequim 2022 novamente no pódio da modalidade. O bronze foi conquistado na manhã dessa sexta-feira, dia 11, no horário de Brasília.

O país venceu a Eslováquia por 8 x 3 na disputa do terceiro lugar. Dessa forma, em cinco participações do esporte no programa paralímpico, os canadenses possuem três ouros e dois bronzes. Os eslovacos, por sua vez, alcançaram seu melhor resultado da história.

+ Guia dos Jogos Paralímpicos de Inverno de Pequim 2022
+ Agenda dos Jogos Paralímpicos de Inverno de Pequim 2022
+ Todas as notícias sobre Pequim 2022

+ Quadro de Medalhas de Pequim 2022

Entretanto, nem mesmo a medalha de bronze tira o gosto amargo dos canadenses no Curling de Cadeira de Rodas em Pequim 2022. Afinal, é a segunda edição paralímpica consecutiva que o país perde na semifinal. O desempenho ruim se reflete também no Mundial: das últimas seis edições, conquistou medalha (de prata) em apenas uma.

Com Mark Ideson, presente nos últimos dois Jogos Paralímpicos de Inverno, a história parecia ser diferente. O Canadá venceu as quatro primeiras partidas da fase classificatória, incluindo a favorita China. Entretanto, três derrotas seguidas derrubaram o país para a quarta colocação. Na semifinal, não conseguiu superar os chineses e teve que se contentar com mais um terceiro lugar.

Final vai ser reedição do último Mundial de Curling de Cadeira de Rodas

A final da modalidade nos Jogos Paralímpicos de Inverno de Pequim 2022 vai ter sensação de déjà vu para os torcedores. Isso porque China e Suécia se enfrentam regularmente em decisões, como a final do último Mundial, em 2021. A definição do ouro paralímpico vai ser na madrugada deste sábado, a partir das 3h35 no horário brasileiro.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

Atual campeã mundial e paralímpica de Curling de Cadeira de Rodas, a China, comandada por Wang Haitao, começou assustando os torcedores. O país perdeu as duas primeiras partidas justamente para Canadá e Suécia. Entretanto, conseguiu sete vitórias seguidas e alcançou a primeira colocação da primeira fase. Na semifinal, conseguiu se vingar dos canadenses e venceu por 9 x 5.

A Suécia, por sua vez, espera não ter o mesmo destino. A equipe, do skip Viljo Petersson-Dahl, teve um desempenho regular na fase de classificação. Com três derrotas (para Eslováquia, Letônia e Coreia do Sul), terminou na terceira posição. Na semifinal, deu o troco nos eslovacos e avançou à decisão com uma vitória de 6 x 4.

APOIE O OLIMPÍADA TODO DIA

Desde setembro de 2016, o Olimpíada Todo Dia não deixa você ter saudade dos Jogos nunca. É o único veículo de comunicação que todos os dias traz a trajetória dos atletas olímpicos e paralímpicos, combatendo a monocultura do futebol e na busca de ajudar a mudar a cultura esportiva do Brasil. Gosta do nosso trabalho? Nos apoie! Faça um pix para [email protected]

Outra alternativa para nos apoiar é usando o cupom OTD em compras na Centauro. Com o cupom, você ganha 10% de desconto na compra de equipamentos esportivos e parte do valor será revertido para o Olimpíada Todo Dia. Vale lembrar que os descontos não são cumulativos. Se alguma peça já estiver em oferta, você não conseguirá aumentar o desconto, mas se colocar o cupom OTD, parte do valor vai ajudar o portal do mesmo jeito. Você pode comprar também pela vitrine do OTD no site das Centauro.

Mais em Pequim 2022