Siga o OTD

Maratona Aquática

Victor Colonese disputa Copa do Mundo de Seychelles

Garantido no Mundial e no Pan, Victor Colonese disputa Copa do Mundo de maratona aquática, em Seychelles

Divulgação

Victor Colonese disputa Copa do Mundo de Seychelles

Com vaga garantida para o Mundial de esportes aquáticos e para os Jogos Pan-Americanos deste ano, Victor Colonese terá mais um compromisso importante nesta semana. Atual campeão brasileiro de maratonas aquáticas, o atleta da seleção brasileira e da UNISANTA (Santos/SP) vai disputar a segunda etapa da Copa do Mundo, em Seychelles, no próximo domingo (12).

“Está sendo um período meio complicado de treinos. A gente está com uma carga mais pesada, tanto dentro da água quanto fora, visando ao Mundial e ao Pan. Então, vai ser uma prova em que vou sentir um pouco mais a parte da aceleração. Mas eu venho treinando bem, depois de uma doença que me afastou do Maria Lenk”, disse o baiano Victor Colonese.

“Pela minha experiência e pela minha posição na primeira etapa, acho que eu vou forte para essa prova. Talvez por estar um pouco pesado não seja um resultado tão bom. Mas a gente tem que visar ao Mundial, ao Pan e à seletiva da Olimpíada. A gente tem que competir meio pesado de vez em quando e, mesmo assim, tentar fazer o melhor possível. Eu vou dar o máximo de mim, mas sei que não vou estar 100%”, concluiu.

O Mundial de esportes aquáticos será disputado em Gwangju, na Coreia do Sul, entre os dias 12 e 28 de julho. Já os Jogos Pan-Americanos serão realizados em Lima, no Peru, entre 26 de julho e 11 de agosto. No Mundial, serão definidos dez atletas que disputarão a Olimpíada de 2020. Outros 15 maratonistas aquáticos poderão ir a Tóquio através de uma repescagem, que será feita entre os países que não tiverem nenhum classificado até então.

Colonese teve um grande ano de 2018. Em território nacional, além do título brasileiro, ele ganhou a medalha de prata no Troféu Maria Lenk (10km). No exterior, brilhou no Sul-Americano de esportes aquáticos: conquistou uma medalha de ouro (equipe) e duas de prata (5km e 10km). Também disputou o Pan-Pacífico e a Copa do Mundo.

Já neste ano, em fevereiro, o atleta se classificou para o Mundial e o Pan. As vagas foram conquistadas na primeira etapa da Copa do Mundo, em Doha, no Qatar.

Mais em Maratona Aquática