Siga o OTD

Laguna Olímpico

Ainda banida do esporte, Rússia sonha com Mundial de handebol 

Dirigentes russos ignoram punições pela guerra da Ucrânia e pretendem lançar candidatura conjunta com a China para o Mundial feminino

Rússia Mundial feminino handebol 2021
No Mundial feminino de 2021, realizado n Espanha, a seleção russa ficou em 8º lugar (Divulgação/IHF)

Enquanto segue como uma espécie de pária do esporte, em razão da guerra com a Ucrânia e consequente invasão ao país, a Rússia não deixa de fazer planos para quando a paz for restabelecida. Dirigentes ligados ao handebol russo planejam lançar uma candidatura conjunta com a China para organizar o Campeonato Mundial feminino da modalidade. A informação é da agência de notícias “TASS”, da Rússia. 

A intenção de russos e chineses seria de realizar o Mundial em 2029 ou 2031. Ou seja, com tempo hábil para que os políticos cheguem a um acordo que coloque fim ao conflito militar na Ucrânia. Desde que decidiu deflagrar a invasão e os ataques contra os ucranianos, no final de fevereiro, a Rússia sofreu diversas sanções econômicas dos Estados Unidos e seus aliados. 

O mesmo aconteceu no esporte. Em rara manifestação política, o COI (Comitê Olímpico Internacional) recomendou para as federações internacionais de todas as modalidades que equipes e atletas da Rússia fossem impedidos de participar das competições. O castigo atingiu também Belarus, considerada aliada russa no conflito contra os ucranianos. 

+ Acompanhe o blog no Twitter, Facebook e no Instagram. Siga 

“Um torneio desta envergadura nunca foi realizado em dois grandes países como os nossos. Seria muito interessante”, afirmou à “TASS” o presidente da federação russa de handebol, Sergey Shishkarev. O próximo Mundial feminino está marcado para 2023, quando Dinamarca, Noruega e Suécia dividirão a organização da competição. 

A China inclusive enviou suas seleções principais masculina e feminina para uma série de treinamentos e partidas amistosas. Já há planos inclusive de realizar até o final deste mês um torneio já batizado ironicamente de “Copa da Amizade e da Paz”, ao lado, vejam só, de Belarus. 

No último Mundial, realizado na Espanha, em 2021, a Rússia (sob o nome de Federação Russa de Handebol, em razão da suspensão aplicada pela Wada) ficou em oitavo lugar.

Olímpicas 

Corrida para Paris-2024 – Com a publicação dos sistemas de qualificação de várias modalidades, já podemos afirmar oficialmente que a corrida para uma vaga nos Jogos Olímpicos Paris-2024 já começou. Na última sexta-feira (1), o COI sacramentou diversos detalhes sobre o evento, como ratificação das regras de classificação, calendário dos Jogos, classes de peso e formato das competições.  

Para os fãs dos esportes olímpicos, é uma verdadeira “Disneylândia” poder se debruçar sobre os critérios para conquistar uma vaga e os sistemas de disputa. Melhor ainda que o próprio COI começou a publicar em seu site oficial os documentos de todas as federações. Assim, evita-se a verdadeira garimpagem cibernética em busca dos tais documentos. Muito bom! 

Mascote polêmica – Os Jogos de Brisbane-2032 já começaram a criar uma inusitada discussão sobre qual seria a mascote do evento. Para o ministro de esportes de Queensland, onde fica Brisbane, a mascote ideal seria o íbis branco australiano. Trata-se de, uma ave com bico longo, curvado, cabeça pelada e preta. Seria uma espécie de primo distante do urubu brasileiro, pelo seu hábito de vasculhar o lixo em busca de comida. 

“Acho que o íbis pode sim representar bem o seu papel como mascote e acredito que muitos moradores de Queensland pensam o mesmo. Isso é algo que poderá ajudar a contar nossa história para o mundo, afirmou o ministro Stirling Hinchlife. Na edição dos Jogos de Sydney-2000, foram três as mascotes escolhidas: Syd, o ornitorrinco, Olly, a kookaburra, e Millie, a equidna. 

APOIE O OLIMPÍADA TODO DIA

Desde setembro de 2016, o Olimpíada Todo Dia não deixa você ter saudade dos Jogos nunca. É o único veículo de comunicação que todos os dias traz a trajetória dos atletas olímpicos e paralímpicos, combatendo a monocultura do futebol e na busca de ajudar a mudar a cultura esportiva do Brasil. Gosta do nosso trabalho? Nos apoie! Faça um pix para [email protected]

Outra alternativa para nos apoiar é usando o cupom OTD em compras na Centauro. Com o cupom, você ganha 10% de desconto na compra de equipamentos esportivos e parte do valor será revertido para o Olimpíada Todo Dia. Vale lembrar que os descontos não são cumulativos. Se alguma peça já estiver em oferta, você não conseguirá aumentar o desconto, mas se colocar o cupom OTD, parte do valor vai ajudar o portal do mesmo jeito. Você pode comprar também pela vitrine do OTD no site das Centauro.

Mais em Laguna Olímpico