Siga o OTD

Laguna Olímpico

Chance de ter os Jogos de Tóquio com arquibancadas vazias já é real

Organizadores já admitem possibilidade de realizar o evento até sem o público japonês, em razão da pandemia do coronavírus

Jogos Olímpicos Olimpíada Tóquio 2020 Estádio Nacional de Tóquio um ano para os jogos olímpicos vídeo tóquio Jogos Olímpicos de Tóquio
A possibilidade da Olimpíada e Paralimpíada de Tóquio não ter nem torcida local já é admitida pelos organizadores (Divulgação/Tokyo2020)

A cada dia, aumenta a possibilidade de que a Olimpíada de Tóquio-2020 seja a primeira da história moderna dos Jogos sem a presença de torcedores. Nesta quarta-feira (28), durante uma entrevista coletiva para falar da atualização das medidas de segurança contra a Covid-19, os organizadores admitiram que já se preparam para um cenário em que não será permitida a entrada de público nas arenas olímpicas, inclusive japoneses.

Sim, o golpe fatal para acabar de vez com o espírito olímpico destes Jogos está bem perto de acontecer, graças ao crescente número de casos de coronavírus no Japão. Vale lembrar que a região de Tóquio se encontra novamente em estado de emergência, que irá durar até 11 de maio.

Nesta fase, restaurantes e bares que servem álcool ficam fechados, assim como lojas grandes, cinemas e outros pontos comerciais. Nesta quarta-feira, foram registrados 925 novos casos de Covid em Tóquio, o maior número desde 28 de janeiro.

+ O blog está no Twitter. Clique e siga para acompanhar
+ Curta a página do blog no Facebook
+ O blog também está no Instagram. Siga

Uma Olimpíada sem público não é a mesma coisa do que uma partida qualquer com portões fechados. É aquele encontro de pessoas dos mais variados lugares do planeta que ajuda a tornar os Jogos Olímpicos um evento único e maravilhoso.

Já havia sido um duro golpe para os Jogos de Tóquio ter que vetar a entrada do público do exterior. Afinal, não teria como evitar a propagação de novos casos de Covid-19, ainda mais com tantas novas variantes espalhadas pelo mundo.

Tóquio 2020 reunião online
Reunião online do comitê organizador de Tóquio-2020, que contou com a presença de Thomas Bach, presidente do COI (Reprodução/Kyodo News)

Só que é possível que nem mesmo os japoneses possam testemunhar os Jogos ao vivo. As palavras de Seiko Hashimoto, presidente do comitê organizador de Tóquio-2020 na entrevista desta quarta-feira foram bem claras. “Se a expectativa é que a situação cause problemas para o sistema de saúde, pode-se chegar a um momento em que teremos que seguir em frente sem espectadores”, afirmou.

O discurso de Thomas Bach, presidente do COI (Comitê Olímpico Internacional), na reunião desta quarta-feira, mostra que caminhamos para uma Olimpíada que será testemunhada apenas pelas telas da TV e dos smartphones.

“Entendemos perfeitamente a necessidade de ter um novo estado de emergência em Tóquio. O COI está totalmente comprometido com o sucesso e segurança na realização dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio-2020, cumprindo estritamente as regras da Covid-19”, afirmou.

Os Jogos de Tóquio (provavelmente) irão acontecer. Mas é inegável que a magia e o magnetismo das Olimpíadas foram derrotados por um vírus que não nos dá trégua há mais de um ano.

Clique no link e seja você também um apoiador do blog. Ajude a combater a monocultura esportiva no Brasil

Mais em Laguna Olímpico