Siga o OTD

Paralimpíada Todo Dia

Larissa Oliveira é ouro e garante a vaga para o Pan-Americano

Além do ouro e da vaga no arco composto do Pan-Americano de Lima 2019, Larissa Oliveira também está na final do Torneio do Ranking Mundial

Reprodução/Facebook

Saiu a vaga brasileira para o tiro com arco composto do Pan-Americano de Lima 2019. Nesta quinta-feira (4), a arqueira Larissa Oliveira garantiu o ouro e a vaga pelo Classificatório para os Jogos Pan-Americanos do tiro com arco, que está sendo disputado na cidade de Santiago, no Chile.

Larissa Oliveira está voando no Chile. Além do ouro e da vaga no arco composto do Pan-Americano de Lima 2019, a brasileira está na final do Torneio do Ranking Mundial, que está sendo disputado simultaneamente com o Classificatório para Jogos Pan-Americanos.

Além de Larissa, o Brasil também contou com Jane Karla na competição do arco composto. Jane Karla é uma atleta paralímpica, dona de vários títulos e bem colocada no ranking paralímpico, mas que também disputa provas olímpicas, como o Torneio do Ranking Mundial, onde disputará bronze, e o Classificatório para os Jogos Pan-Americanos do tiro com arco, competição em que caiu na fase de quartas de final.

Larissa Oliveira

A arqueira começou a caminhada até o ouro contra a chilena Claudia Moraga, ainda pela fase de oitavas de final. Larissa começou atrás, mas virou e fechou o confronto em 139 a 135. Nas quartas, a adversária foi a dominicana Carlina Morati. A brasileira sempre esteve à frente no placar, mas venceu pelo placar apertado de 145 a 144.

Já pela semifinal e valendo a vaga para o Pan-Americano de Lima, Larissa enfrentou Paola Corado, de El Salvador. De novo, o confronto foi apertado, a brasileira saiu na frente, tomou o empate (56 a 56), mas retomou a liderança e venceu por 140 a 138.

Na finalíssima, outro confronto acirrado. A venezuelana Ana Mendoza saiu na frente e liderava por 114 a 113 antes das últimas três flechas. Larissa fez a pontuação máxima de 30 pontos e virou para conquistar o ouro.

Jane Karla

A atleta paralímpica também começou o dia nas oitavas de final. Contra Ritseeniyah Georges-Haughton, das Ilhas Virgens Britânicas, Jane Karla passou tranquilamente com um 139 a 108.

Nas quartas, o confronto foi contra Charlene Christina Goddard, de Barbados. Jane sempre esteve atrás no placar, chegou a pressionar a rival, mas acabou derrotada por 141 a 139.

Mais em Paralimpíada Todo Dia

viagra