Siga o OTD

Pan Júnior - Cáli 2021

Pietra Chierighini conquista medalha de prata no sabre

Esgrimista venceu todos os jogos até a decisão do título, incluindo o duelo com a campeã mundial juvenil de 2017, mas deixou escapar o ouro por um ponto

Pietra Chierighini sabre pan júnior
Pietra Chierighini brilhou em Cali e conquistou a prata. Foto: Athos Schwantes.

O Brasil brilhou novamente na final feminina da esgrima, desta vez na disputa do sabre nos Jogos Pan-Americanos Júnior, em Cali, na Colômbia. Pietra Chierighini mostrou categoria de gente grande contra a argentina Candela Veloso, mas ficou com a medalha de prata, após 15 a 14 na decisão. A brasileira venceu sete das oito provas na competição.

Nas pules, a brasileira venceu a panamenha Ana Melissa Santos (5-1), a salvadorenha Odalis Maldonado Delgado (5-1), a portoriquenha Diana Odinokova (5-3) e a cubana Orquidea Ferrer (5-4). No quadro de 16, Pietra Chierighini derrotou a panamenha Ana Melissa Jaén Santos (15-8). Na sequência, a vítima foi novamente a salvadorenha Odalis Maldonado Delgado (15-8).

Na semifinal do sabre feminino, Pietra teria um duríssimo desafio: a mexicana Natalia Botello, campeã mundial juvenil em 2017. Vitória brasileira, por 15-11. Já a final contra a argentina Candela Veloso, que a esgrimista do nosso país já havia vencido momentos antes, foi de emoção até o fim, mas ela deixou escapar a medalha por um ponto: 14-15.

+ Victoria Vizeu conquista o ouro na espada feminina

Pietra Chierighini vibrou após a conquista da prata. A atleta comentou que a pressão na final não tirou a sua a concentração.

“Muito feliz com o meu resultado. Consegui colocar o meu jogo e isso eu devo ao clima da competição. Quanto maior a pressão, mais eu consigo dar o meu melhor. Fico mais concentrada”, revelou.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

Murilo entre os 16

No sabre masculino do Pan Júnior, Murilo Garrigós encontrou muitos obstáculos. Nas pules, ele venceu o hondurenho Javier Padilla (5-4), mas não triunfou diante do cubano Daimel Cantero (3-5), do norte-americano Carter Berrio (1-5), do argentino Juan Bacha (2-5) e do mexicano Hugo Solis (2-5). Na fase seguinte, no quadro de 16, se despediu da competição contra o norte-americano Carter Berrio (4-15).

Mais em Pan Júnior - Cáli 2021

viagra