Siga o OTD

Revezamento masculino da natação garante o ouro em Wuhan, na China

Natação

Revezamento masculino da natação garante mais um ouro

Pelos Jogos Mundiais Militares, revezamento 4×100 livre masculino é campeão na natação e Brasil soma seu segundo ouro em Wuhan, na China.

Reprodução/Instagram

Revezamento masculino da natação garante mais um ouro

Não demorou muito para o Brasil conseguir seu segundo ouro nos Jogos Mundiais Militares, em Wuhan, na China. A primeira dourada tinha vindo com Rafaela Silva no judô, mas a natação brasileira, com o revezamento masculino 4×100, tratou de somar mais um ouro ao quadro de medalhas da competição.

+ CONFIRA OS RESULTADOS DA COMPETIÇÃO

Pedro Spajari, Guilherme Basseto, Fernando Scheffer, Leonardo Santos, Leonardo de Deus, André Calvelo e Marco Ferreira foram premiados pela participação no revezamento 4x100m livre. O Brasil venceu com o tempo final de 3:14.36, recorde da competição.

O revezamento russo terminou com a prata, enquanto os chineses ficaram com o bronze. Mas além do ouro com os homens, a natação brasileira também subiu ao pódio no revezamento feminino.

Viviane Jungblut, Larissa Oliveira, Manuella Lyrio, Daiene Dias, Etiene Medeiros, Gabriela Roncatto e Fernanda De Goeij terminaram com o bronze. A China foi ouro e a Rússia prata.

Nos 50m borboleta, Jhennifer Conceição terminou com a prata. Nos 100m, Daiene Dias terminou com o bronze. Sendo assim, a natação já soma sete medalhas nos Jogos Mundiais Militares.

Isso porque no primeiro dia da natação em Wuhan, na China, o Brasil já tinha conquistado três pratas. Pedro Spajari e Guilherme Basseto, que ficaram com a prata, respectivamente, nos 50m livre e nos 100m costas, além do revezamento 4x200m livre, formado por Leonardo de Deus, Fernando Scheffer, Leonardo Santos e André Calvelo, que também ficou em segundo lugar.

Mais em Natação