Siga o OTD

Hipismo

Brasileiros passam em branco em concursos na Europa

Melhor resultado do dia foi o 13° lugar de André Américo de Miranda na Espanha. Confira os destaques

André Américo de Miranda - Nando de Miranda - Matheus Côrrea - Hipismo
André Miranda foi o melhor brasileiro na quinta-feira (Beatriz Cunha/CBH)

A quinta-feira (3) não foi de bons resultados para os conjuntos brasileiros nas competições de hipismo na Europa. No concurso duas estrelas de Oliva, na Espanha, André Américo de Miranda conseguiu o melhor resultado do Brasil, mas ficou longe do pódio, assim como Nando de Miranda e Matheus Côrrea no Concurso de Opglabbeek, na Bélgica.

O melhor resultado do dia do hipismo brasileiro veio na prova com obstáculos a 1,35 m do solo, na qual André Américo de Miranda foi o 13° colocado, montando Spottify. Ele ainda disputou a prova a 1,45 m, mas terminou apenas em 33° lugar, com Trix Trax.

+Veja todas as notícias sobre hipismo

Além de André Américo de Miranda, Nando de Miranda e Matheus Côrrea representaram o hipismo brasileiro nesta quinta, no Concurso duas estrelas de Opglabeek.

A melhor colocação deles foi o 23° lugar de Nando de Miranda a prova a 1,25 m para cavalos até seis anos, na qual ele montou Eagle Eya Birdavenue Z. Ele também competiu na prova a 1,30 m/1,35 m para cavalos de sete/oito anos, mas também ficou em 24° lugar, com Dream du Phare.

+ SIGA O OTD NO FACEBOOKINSTAGRAMTWITTER E YOUTUBE

Já na prova contrarrelógio a 1,40 m, Nando de Miranda foi apenas o 44° colocado, com Indigo van het Lindenhof. E Matheus Côrrea ficou entre os últimos, na 110° posição.

Por fim, encerrando o dia dos brasileiros no hipismo, na prova a 1,30 m, Matheus Côrrea novamente não foi bem. Ele terminou na 44ª posição, montando Guus van de Smockelaer.

Mais em Hipismo