Siga o OTD

Yuri Mansur - Vilamoura

Hipismo

Yuri Mansur fica em 4º e é o melhor brasileiro em Portugal

Em mais um dia de competição em Vilamoura, o Brasil ficou fora do pódio, mas bateu na trave com Yuri Mansur. Confira os destaques

Yuri Mansur teve o melhor resultado do Brasil em Portugal (My Horse Dealer)

Yuri Mansur fica em 4º e é o melhor brasileiro em Portugal

Em mais um dia de competições no torneio de hipismo de Vilamoura, em Portugal, o Brasil não conseguiu subir ao pódio nesta quarta-feira (28). Mas bateu na trave, já que o melhor resultado do país foi o quarto lugar de Yuri Mansur na principal prova, a CSI3* contrarrelógio, a 1,40m.

Yuri Mansur terminou na quarta colocação, montando Sea Coast Crystal de Leau, e foi seguido pelo compratriota Pepê Muylaert, que ficou em quinto, com Al Pacino 62. Na mesma prova, Cristiano Quadros de Castro ainda conseguiu mais um top 10, ficando em nono, com Buzz l’Eclair Teamjoy.

+Assista ao vivo o Concurso de Salto Internacional e Nacional e CSN4*

Mais quatro brasileiros disputaram a prova, mas não tiveram bom desempenho. Pedro Andrade foi o 18º, seguido de Eduardo Menezes, em 19º, com H Big Action, e 23º com Magnolia Mystic Rose. Já Felipe Amaral ficou em 31º e Monika Guillon, em 37º.

Já na prova CSIYH1* para cavalos de até sete anos, a 1,30m, o Brasil bateu mais uma vez na trave. Edurado Menezes foi o quinto colocado, montando Chacco’s Charlie PS. Ainda nesta disputa, Flávio Abreu Bernardes terminou em 19º e André Américo de Mirando, em 27º.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

Além disso, mais três brasileiros entraram em ação na CSIYH1* para cavalos de até seis anos, a 1,25m, e Felipe Amaral foi o melhor representante do país, ficando em sétimo lugar, com El London King. Luiz Felipe Azevedo foi o 15º, enquanto Felipe Guinato e Pedro Andrade ficaram apenas em 55º e 61º, respectivamente.

Longe do pódio

Por fim, em uma das provas mais importantes, a CSI3* contrarrelógio a 1,35m, os brasileiros ficaram longe do pódio. Yuri Mansur foi novamente o melhor, mas terminou apenas em 15º, com Carma de Blancheville. Logo atrás, ficou Pedro Andrade, com Hard to Get.

E encerrando a participação verde e amarela, Felipe Amaral ficou em 27º e 31º, com duas montarias diferentes, seguido de Pepê Muylaert, em 37º e Eduardo Menezes, em 68º.

Mais em Hipismo