Siga o OTD

Brasil e Polônia - Mundial de handebol

Handebol

Já classificado, Brasil perde para Polônia no Mundial

Brasil não encaixa jogo e sofre a primeira derrota no Mundial. Mas vitória da Espanha garante a seleção na próxima fase

Brasil avança em terceiro do Grupo B (Divulgação/IHF)

Já classificado, Brasil perde para Polônia no Mundial

Pela terceira e última rodada da primeira fase do Campeonato Mundial de handebol masculino, Brasil e Polônia entraram em quadra nesta terça-feira (19) já classificados, mas não aliviaram no ritmo. Desta vez, o ataque brasileiro sofreu com a forte marcação do adversário e não conseguiu reagir à vantagem construída pelos poloneses ao longo do jogo, que venceram o duelo por 33 a 23.

Mais cedo, a Espanha venceu a Tunísia por 36 a 30 e foi a cinco pontos. Com isso, se garantiu na liderança do Grupo B e ainda definiu a classificação antecipada de Polônia e Brasil, que terminaram em segundo e terceiro lugares, com quatro e dois pontos, respectivamente. A Tunísia ficou em último, com apenas um ponto, somado contra os brasileiros.

Assim, com os resultados, o grupo do Brasil cruza com o Grupo A na próxima fase. Ou seja, a seleção encara agora Alemanha, Hungria e Uruguai, que se classificaram nesta ordem em sua chave, após a desistência do time de Cabo Verde. 

+Veja a tabela completa do Mundial de handebol

Vale lembrar, no entanto, que o Brasil tem desfalques importantes para este Mundial, já que o capitão Thiagus Petrus, o goleiro Ferrugem e o ponteiro Felipe Borges foram diagnosticados com Covid-19. Além deles, Cleber Andrade sentiu uma lesão antes da estreia e ainda não se recuperou.

Além disso, o time não conta com seu técnico Marcus “Tatá” Oliveira e mais quatro membros da comissão técnicos, todos com coronavírus. Assim, o Brasil foi comandado pelos auxiliares Giancarlos Ramirez e Leonardo Bortolini, e Guilherme Torriani foi chamado para o lugar de Felipe Borges.

O jogo

O jogo começou bastante truncado e equilibrado, com fortes marcações das duas equipes. Não à toa, o primeiro gol só saiu aos quatro minutos e foi da Polônia. O Brasil, por sua vez, sofreu para encaixar o ataque e cometeu muitos erros bobos, deixando os adversários abrirem vantagem.

Depois de uma parada técnica na metade do primeiro tempo, o Brasil voltou melhor, encaixando mais o ataque, ainda que com muita dificuldade de achar espaços na marcação polonesa, dando chance de contra-ataque aos adversários. Com boas defesas de Rangel, a equipe brasileira se manteve na cola da Polônia no placar, que terminou a etapa inicial vencendo 13 a 11.

O segundo tempo começou novamente complicado para o Brasil. O ataque desperdiçou chances importantes de novo e a defesa não encaixava direito. Assim, a Polônia, muito forte fisicamente, aproveitou para construir uma vantagem, que chegou a 11 gols.

Os poloneses, então, dominaram o jogo, com seu goleiro fechando o gol e o ataque sendo muito eficiente. Gustavo Rodrigues ainda tentou, mas o Brasil não conseguiu reagir nem corta a diferença no marcador, decretando sua primeira derrota.

Retrospecto

Na última participação em um Mundial de handebol, o Brasil fez história. Em janeiro de 2019, o time comandado por Washington Nunes terminou a competição em nono lugar depois de vencer quatro equipes europeias no torneio.

Mas, apesar do feito histórico, o ano de 2019 não teve um saldo todo positivo. Nos Jogos Pan-Americanos de Lima, o Brasil não conseguiu ficar com o ouro, perdendo na semifinal para o Chile, o que complicou a classificação para os Jogos Olímpicos. 

A competição

O Campeonato Mundial de handebol masculino acontecerá entre os dias 13 e 31 de janeiro de 2021 e contará, pela primeira vez, com 32 seleções. Na primeira fase, os três melhores de cada chave seguem para a segunda fase, que ainda não tem os cruzamento definidos.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

A Dinamarca é a atual campeã do Mundial de handebol, que terá também a França, maior vencedora da competição com seis títulos. Vale lembrar ainda que República Tcheca e Estados Unidos desistiram de disputar o torneio após surtos de coronavírus em suas equipes. No lugar deles, estão, respectivamente, Macedônia do Norte e Suíça.

REVEJA: BRASIL X POLÔNIA – MUNDIAL DE HANDEBOL MASCULINO

Mais em Handebol