Siga o OTD

Handebol

Brasil leva 33 a 22 da França na estreia de torneio no Japão

Brasil perde para a França na estreia da Japan Cup, que serve de evento teste para a Olimpíada de Tóquio e como preparação para o Mundial de handebol feminino, que começa no dia 30

Brasil x França Japan Cup handebol feminino
Daniel Varsano/COB

O Brasil começou com derrota seu último estágio de preparação para o Mundial de handebol feminino, que começa no próximo dia 30. Na estreia da Japan Cup, a equipe comandada pelo técnico Jorge Dueñas foi derrotada pelo forte time da França por 33 a 22. A Seleção volta a jogar neste sábado às 5h30 contra a Eslovênia e encerra sua participação no domingo, no mesmo horário, contra o Japão.

O primeiro tempo foi decisivo para o resultado final da partida. Nos 30 minutos iniciais, a França abriu nove gols de diferença, indo para o vestiário vencendo por 16 a 7. Na etapa final, o Brasil fez um jogo mais equilibrado com o adversário, mas não conseguiu diminuir a vantagem do rival e foi derrotado por 33 a 22. Samara foi a artilheira brasileira na partida com cinco gols.

“Difícil jogar um primeiro jogo depois de uma viagem longa, pouco treino e encontrar uma equipe como a França que é campeã da Europa e a equipe favorita dentro do Mundial. Eu penso que tivemos bons momentos, que somos capazes de jogar bem no ataque e na defesa de forma equilibrada. Mas depois tivemos uma fase final de primeiro tempo que tivemos muitos problemas no ataque porque estava muito lento e parado, e a França aproveitou muito bem esse momento para fazer gols rápidos de transição. No segundo tempo voltamos a ter bons momentos de trabalho ofensivo e defensivo e diminuímos o placar. O importante foi que a equipe foi bem, mas temos que trabalhar mais o tático. Temos dois jogos no fim de semana e acredito que podem ser muito melhores porque a equipe estará mais preparada, mais mentalizada e mais acostumada ao horário do Japão.”, afirmou o técnico Jorge Dueñas depois da partida.

Principal jogadora do Brasil na atualidade, Duda Amorim apontou a falta de regularidade da equipe ao longo da partida como principal problema que impediu a equipe de fazer um jogo mais equilibrado contra a França.

“Acredito que a gente só jogou bem dez minutos do primeiro tempo e dez minutos do segundo tempo. A gente tem que levar o lado positivo. Não é legal perder de 11 bolas, mas também a gente tem que estar consciente que estamos contra a melhor defesa do mundo, elas são as atuais campeãs. Tem coisas que a gente pode aproveitar e coisas que a gente tem que pensar. Teve momentos que a gente ficou muito passivo, que a gente perdeu nossa característica na defesa, porque geralmente temos uma defesa muito boa. Então, no geral, foi mais negativo do que positivo, mas vamos manter a cabeça confiante que sábado tem outro (jogo)”, afirmou Duda.

Além de ser um torneio preparatório para o Mundial de handebol feminino, a Japan Cup serve de evento teste para a Olimpíada. A competição acontece no Ginásio Nacional Yoyogi, que foi palco dos Jogos de 1964 e foi remodelado para a edição de 2020.

Depois da derrota para a França, o Brasil terá um dia de descanso antes de encarar Eslovênia e Japão, jogos em que a expectativa é ter um desempenho melhor do que o da estreia.

“Acredito que hoje a gente teve momentos bons e momentos ruins com todas as dificuldades que a gente teve em função de estar aqui. Claro que perder é horrível, esse começo aqui fica uma sensação muito ruim, mas a gente tem muito o que trabalhar ainda. Temos outros dois bons jogos pra gente começar a acertar muitas coisas. Hoje foi bom para avaliar um pouco como vai ser essa competição que está próxima de iniciar (Mundial). Acredito que agora é trabalhar um pouco mais todos os dias para que os nossos momentos bons sejam maiores, que os nossos momentos ruins sejam menores, que a gente consiga rodar a bola bem e fechar jogos com vitórias, que é o que a gente precisa na competição”, acredita a ponta Mariana Costa.

“Esse tipo de jogo faz parte, é bom que aconteça agora e não mais para frente. A gente vai encontrar com elas no Mundial e acredito que a gente vai jogar melhor. (A viagem) não é desculpa, porque é questão de estarmos mais ativas, de ter um pouquinho mais de reação. A gente errou e às vezes deixou cair muito e eu acho que isso não interfere, porque esse for por isso elas também estão com descompensação no horário”, finalizou Duda Amorim.

O Brasil estreia no Mundial no sábado, dia 30, diante da Alemanha. A equipe comandada pelo técnico Jorge Dueñas, às 3h da manhã. Além das alemãs e das brasileiras, França, Dinamarca, Coreia do Sul e Austrália estão no Grupo B da competição.

AGENDA DO DIA

dez 11 03:00 Mundial de handebol feminino - Fase Principal - Grupo 2 Espanha Rússia dez 11 03:00 Mundial de handebol feminino - Fase Principal - Grupo 1 Holanda Coreia do Sul dez 11 06:00 Mundial de handebol feminino - Fase Principal - Grupo 2 Romênia Japão dez 11 06:00 Mundial de handebol feminino - Fase Principal - Grupo 1 Sérvia Dinamarca dez 11 08:00 Campeonato Brasileiro de tênis de mesa Seleções Estaduais Olímpicas e Paralímpicas e Interclubes Olímpico dez 11 08:30 Mundial de handebol feminino - Fase Principal - Grupo 2 Montenegro Suécia dez 11 08:30 Mundial de handebol feminino - Fase Principal - Grupo 1 Noruega Alemanha dez 11 13:30 Euroliga de basquete feminino Fenerbahce (TUR) Lyon Asvel (FRA) dez 11 14:00 Etapa de Pipeline do Mundial de surfe dez 11 16:00 Brasileiro Sub-16 de futebol feminino - Grupo A Cruzeiro Corinthians dez 11 16:00 Brasileiro Sub-16 de futebol feminino - Grupo B Avaí Internacional dez 11 16:00 Brasileiro Sub-16 de futebol feminino - Grupo C Sao José Grêmio dez 11 18:30 Brasileiro Sub-16 de futebol feminino - Grupo A Flamengo Santos dez 11 18:30 Brasileiro Sub-16 de futebol feminino - Grupo B Ferroviária Audax dez 11 18:30 Brasileiro Sub-16 de futebol feminino - Grupo C São Paulo Vitória dez 11 20:00 NBB Unifacisa Mogi das Cruzes dez 11 20:00 Superliga de vôlei feminino - Primeira Fase Fluminense Osasco Audax dez 11 20:30 Torneio Nike Friendlies Sub-20 de futebol feminino Brasil Estados Unidos dez 11 21:00 NBA Cleveland Cavaliers Houston Rockets dez 11 22:00 NBA Chicago Bulls Atlanta Hawks dez 11 23:00 NBA Phoenix Suns Memphis Grizzlies

Mais em Handebol