Siga o OTD

Curiosidades olímpicas

Cego de um olho, húngaro foi rei do medley até Phelps surgir

Tamás Darnyi ganhou quatro medalhas de ouro nos Jogos Olímpicos (Reprodução)

Em 1984, o húngaro Tamás Darnyi era uma grande reveleção da natação. Aos 17 anos, tinha chance de brigar por medalha nos Jogos Olímpicos de Los Angeles, mas o boicote socialista ao evento nos Estados Unidos impediu a presença dele. No mesmo ano, foi atingido por uma bola de neve que o deixou cego do olho esquerdo. O acidente não o deixou muito tempo longe das piscinas. Do ano seguinte até sua aposentadoria, em 1993, ele venceu todas as provas de nado medley que disputou.

O incrível desempenho deixou suas marcas nos Jogos Olímpicos. Tamás Darnyi foi medalha de ouro dos 200 m e 400 m medley em Seul-1988 e Barcelona-1992. Ele era tão superior aos concorrentes da época que é impossível não pensar que seus feitos olímpicos poderiam ser muito maiores se não houvesse o boicote de 1984 e também ele não tivesse se aposentado tão cedo, aos 26 anos.

Entre os feitos de Tamás Darnyi está o de ter sido o primeiro nadador a conseguir completar os 200 m medley em menos de dois minutos. Além disso, em Mundiais, ganhou quatro medalhas de ouro, duas nos 200 m medley e duas nos 400 m medley, e uma de bronze nos 200 m borboleta.

SIGA O OTD NO FACEBOOKINSTAGRAMTWITTER E YOUTUBE

No nado medley, que reúne os quatro estilos da natação (livre, peito, costas e borboleta), Tamás Darnyi só teve seus feitos em Jogos Olímpicos ultrapassados por Michael Phelps. O americano ganhou os 200 m medley quatro vezes seguidas (2004, 2008, 2012 e 2016) e duas vezes os 400 m medley (2004 e 2008).

O atleta dos Estados Unidos soma seis medalhas de ouro olímpicas em provas de nado medley contra quatro do húngaro. Os dois são os maiores vencedores de todos os tempos neste tipo de competição.

Mais em Curiosidades olímpicas