Siga o OTD

Caratê

Douglas Brose e Valéria Kumizaki buscam vaga inédita para Tóquio

Dupla de caratecas buscam neste final de semana a classificação olímpica para Tóquio durante o Pré-Olímpico mundial de karatê

(Divulgação)

Douglas Brose e Valéria Kumizaki buscam vaga inédita para Tóquio

Chegou o momento decisivo para os caratecas Douglas Brose e Valéria Kumizaki alcançarem o sonho olímpico. A partir desta sexta-feira (11), os dois atletas, integrantes do Time Ajinomoto, participam do Pré-Olímpico mundial de karatê, que será realizado no ginásio Pierre de Coubertin, em Paris, na França. A competição será a última oportunidade de classificação para os Jogos de Tóquio, que começarão no próximo dia 23 de julho.

A programação do evento, divulgada pela WKF (Federação Mundial de Karatê), prevê que a primeira a competir será Valéria Kumizaki, já na sexta-feira, pela categoria até 55 kg. No sábado (12), quem irá lutar pela vaga é Douglas Brose, na categoria até 75 kg. Os três primeiros classificados de cada categoria já estarão com a vaga assegurada para Tóquio.

+ Rayane Soares corre prova extra para incentivar melhor amiga Fernanda Yara na seletiva

Tanto Douglas quanto Valéria entendem que chegam neste Pré-Olímpico na melhor condição possível para brigar pela vaga em Tóquio. “A minha vida inteira treinei para isso. Tanto fisicamente, psicologicamente e tecnicamente, foi tudo feito para este evento. Dentro das possibilidades que eu tive, com as dificuldades para treinar e viajar em razão da pandemia, fiz a melhor preparação possível para este Pré-Olímpico. Acredito que chego muito focado e com a cabeça muito boa. Trata-se agora de alcançar um objetivo que busquei em 28 anos de treinamento de karatê”, afirma Douglas Brose.

Valéria Kumizaki, do caratê, segue firme na briga rumo a Tóquio (Foto: Renato Aoki) Douglas Brose
Valéria Kumizaki briga pela vaga olímpica entre as mulheres até 55kg (Foto: Renato Aoki)

“Fiz tudo que pude em todos os aspectos. Tive toda estrutura possível oferecida pelo COB e pelos meus patrocinadores. A cada treino, me dediquei 100%. No aspecto psicológico, a minha mental coach Nell Salgado foi e está sendo fundamental nesse processo. Estou pronta para a competição mais importante da minha vida”, diz Valéria.

Em relação às suas últimas competições, os dois caratecas acreditam que evoluíram consideravelmente. “Como eu troquei de categoria, lutei há um mês em uma competição em Paris e foi uma experiência muito boa, com muito aprendizado. Observei muitas vantagens que poderei utilizar por ser naturalmente de uma categoria mais leve. Acredito que estou bem melhor do que estava nesta última competição e bem mais preparado para esta nova categoria”, explica Douglas. “A cada competição, ganhando ou perdendo, o objetivo é evoluir e aprender sempre. Fiz minha preparação com a treinadora da Sérvia e a cada competição fomos ajustando e corrigindo o necessário”, afirma Valéria.

+ SIGA O OTD NO FACEBOOKINSTAGRAMTWITTER E YOUTUBE

Projeto Vitória

O Time Ajinomoto faz parte do Projeto Vitória, iniciativa criada pela empresa em 2003, no Japão, e que chegou ao Brasil em 2019 com o objetivo de contribuir para o fortalecimento do esporte nacional. Atualmente, 32 atletas olímpicos e paralímpicos compõem o grupo e recebem suporte relativo à nutrição e aos benefícios da ingestão de aminoácidos por esportistas de alto rendimento.

Mais em Caratê