Siga o OTD

Canoagem Velocidade

Brasil leva 14 ouros no Sul-Americano em Montevidéu

Brasil conquistou 30 medalhas no total, com destaque para a paracanoagem e Edson Isaias e Andrea Santos no sênior

Brasil leva 14 ouros no Sul-Americano de canoagem velocidade e paracanoagem
Ju Candida/IBRES-DF

Realizado entre os dias 16 a 19 de dezembro, em Montevidéu, no Uruguai, o Campeonato Sul-americano de canoagem velocidade e paracanoagem 2021 contou com um número expressivo de medalhas para o Brasil. Ao todo, foram 30, sendo 14 de ouro, nove de prata e sete de bronze. 

O Sul-Americano de canoagem velocidade e paracanoagem, denominado “Joao Tomasini Schwetner”, teve como homenagem e reconhecimento o ex-dirigente que foi Presidente da Confederação Brasileira de Canoagem, que faleceu no dia 17 de janeiro deste ano.

+Brasil leva 14 ouros no Sul-Americano de canoagem e paracanoagem

Na categoria sênior, os destaques do Brasil no Sul-Americano de canoagem velocidade foram Edson Isaias Freitas e Andrea Santos de Oliveira, que conquistaram três e duas medalhas, respectivamente. Edson foi prata no K1 200m e levou bronze nos 500m e nos 1000m. Já Andrea ficou em segundo lugar no C1 200m e em terceiro lugar nos 500m.

E o grande destaque foi a paracanoagem brasileira, que conquistou oito das 14 medalhas de ouro do país. No VL1 200m masculino, Carlos Glenndel venceu a final A com o tempo de 01:15:55, enquanto no feminino, Andreia Pontes levou a melhor com 01:45:37.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

Já no VL2 200m masculino, o campeão foi Igor Toffalini, com 01:06:03. Na disputa feminina, Kassia de Sá venceu a prova com a marca final de 01:43:46. E no VL3 200m feminino, Erizangela Toniolo conquistou a medalha de ouro do Sul-Americano de canoagem velocidade de paracanoagem com o tempo de 01:22:88.

No KL1 200m masculino, o vencedor da prova foi Luciano Lima, que cruzou a linha de chegada com a marca de 01:02:81. Já no KL3 masculino, foi Patrick Loureiro quem levou a melhor, finalizando a disputa em 00:51:91. E por fim, no KL2 feminino, Mikaela Gomes subiu ao lugar mais alto do pódio, com 01:11:43.

Mais em Canoagem Velocidade

viagra