Siga o OTD

K2 1000m masculino canoagem

Canoagem Velocidade

Ex-treinadora da canoagem brasileira morre aos 61 anos

Polonesa Mirka Szubska falaceu em seu país em decorrência de complicações coronárias

(arquivo)

Ex-treinadora da canoagem brasileira morre aos 61 anos

Faleceu na quarta-feira (25), aos 61 anos, Mirka Szubska, treinadora de canoagem por quase uma década em território brasileiro. Nascida na Polônia, Mirka também atuou como atleta da modalidade representando o seu país.

Mirka Szubska veio ao Brasil ao lado do seu então marido Zdzislaw Szubski, que foi treinador da Equipe Brasileira de Canoagem Velocidade, e permaneceu por aqui de 1995 a 2004. Neste período trabalhou como técnica do caiaque feminino e também do masculino.

+ Coronavírus adia todos eventos da Canoagem até maio

A ex-treinadora é mãe do ex-atleta Sebastian Szubski, que representou o Brasil junto com o canoísta Sebástian Cuattrin nos Jogos Olímpicos de Athenas em 2004, quando acabou eliminado na semifinal da competição.

+ SIGA O OTD NO FACEBOOKINSTAGRAMTWITTER E YOUTUBE

“Estamos muito tristes com essa notícia, Mirka foi muito importante para nós, a sua dedicação de quase uma década será lembrada para sempre. Ela escreveu seu nome na história não só no seu País de origem a Polônia como também aqui no Brasil, que Deus conforte o coração de toda sua família em especial do seu filho Sebástian a qual desejo os pêsames em nome de toda a Canoagem”, fala João Tomasini Schwertner, presidente da Confederação Brasileira de Canoagem.

Segundo informações reveladas por Szubski, Mirka Szubska passava por alguns problemas de saúde e faleceu em decorrência de complicações coronárias. O velório e o enterro acontecerão na Polônia, país onde residia.

Mais em Canoagem Velocidade