Siga o OTD

COB publica vídeo emocionante em homenagem a Jesús Morlán

Canoagem Velocidade

COB publica vídeo emocionante em homenagem a Jesús Morlán

COB posta vídeo em homenagem a Jesús Morlán, técnico da Seleção Brasileira de canoagem velocidade, que faleceu neste domingo aos 52 anos

O falecimento de Jesús Morlán, treinador da seleção brasileira de canoagem velocidade, abalou o cenário esportivo brasileiro. Nesta segunda-feira (12), o Comitê Olímpico do Brasil (COB) divulgou um vídeo em homenagem ao profissional. Com imagens gravadas em agosto de 2018, a edição conta com depoimentos dos atletas Erlon Souza, Isaquias Queiroz e Nivalter Santos de Jesus, além do próprio Jesús.

“Nossa eterna gratidão e homenagem a Jesús Morlán”, escreveu a entidade ao final do vídeo. Já Erlon, Isaquias e Nivalter relembraram a chegada do treinador ao Brasil e a notícia de que ele estava doente.

“A canoagem era o ‘patinho feio’ do esporte brasileiro, não tinha medalha olímpica. Mas de repente veio um treinador medalhista olímpico e mundial. Ficamos sem acreditar”, contou Isaquias Queiroz. “A gente conseguiu tudo depois da chegada dele”, completou.

“De início, era uma relação de treinador e atleta, mas com o Jesús acabou ultrapassando esse limite. A gente sente que é uma família, todos nós aqui sentimos que ele é o nosso pai”, refletiu Nivalter Santos de Jesus. “No começo foi um baque muito grande, porque a gente via aquele Jesús agitado e depois vimos ele no hospital”, relembrou Erlon Souza.

Jesús Morlán lutava contra um tumor no cérebro há dois anos e, mesmo após ter descoberto a doença, não deixou a equipe brasileira. Na filmagem do COB, o treinador afirmou ter ficado no Brasil após a Rio 2016 por ética e reconhecimento aos atletas brasileiros.

“E quando acabar Tóquio, se eu seguir vivo, estarei pensando em Paris. Tenho que ter um plano para os meninos. Eu tenho planos, não sei se vou estar nesse mundo, mas tenho”, disse Jesús Morlán, ainda em agosto deste ano.

No comando da seleção brasileira de canoagem velocidade desde 2013, o espanhol Jesús Morlán conquistou três medalhas olímpicas e dez em Mundiais.

Mais em Canoagem Velocidade