Siga o OTD

Ana Sátila na etapa de Praga da Copa do Mundo de Canoagem Slalom

Canoagem Slalom

Quarteto fura quali e vai à semi da etapa de Pau, na França

Ana Sátila, Pepê Gonçalves, Mathieu Desnos e Felipe Borges vão às semifinais da etapa de Pau da Copa do Mundo

Grande nome da canoagem slalom mundial, Ana Sátila avança na França (Divulgação/ICF/arquivo)

Quarteto fura quali e vai à semi da etapa de Pau, na França

A canoagem slalom brasileira teve 100% de aproveitamento nas qualificatórias da etapa de Pau, na França, da Copa do Mundo da modalidade. Ana Sátila avançou para a semifinal do K1 e do C1 feminino, enquanto Pepê Gonçalves e Mathieu Desnos se classificaram no K1 masculino e Felipe Borges no C1 masculino.

A disputa na França é a segunda etapa da Copa do Mundo de canoagem slalom após a paralisação pela pandemia. Na primeira, realizada na Eslovênia, o Brasil saiu com três medalhas. Um ouro inédito de Ana Sátila pelo C1 (canoa individual), e um bronze pelo K1 (caiaque individual) e o ouro no K1 Extremo para Pepê Gonçalves, modalidade que está sendo cotada para entrar no programa olímpico em Paris-2024.

E a etapa de Pau também promete, já que os quatro brasileiros estão nas semifinais. As disputas no caiaque individual (K1) serão realizadas neste sábado (7), junto com o início da competição no K1 Extremo. As semis da canoa individual (C1) serão realizadas no domingo (8).

A braba das águas

No C1 feminino, Ana Sátila classificou-se para a semifinal com o segundo melhor tempo, 115s72, sendo quatro deles por penalidade. O melhor tempo foi da francesa Marjorie Delassus, que anotou 113s36.

No K1 feminino, Ana Sátila também avançou para a semifinal, mas apenas com o 15º melhor tempo. A brasileira anotou 165s96, sendo que foram adicionados 54 segundos por penalidades. Ana Sátila ficou 57s64 acima do melhor tempo na quali, que foi feito por Marie-Zelia Lafont, da França.

A primeira etapa da Copa do Mundo de canoagem slalom começa nesta sexta-feira (16), em Liubliana, na Eslovênia, e contará com a presença de quatro brasileiros. O evento reunirá atletas classificados para os Jogos Olímpicos de Tóquio, aspirantes a uma vaga e também os que vislumbram estar em Paris-2024. Ana Sátila, no K1 e C1, Felipe Borges, no C1, e Pepê Gonçalves e Mathieu Desnos, no K1, são os representantes do Brasil
Pepê e Ana Sátila já estão garantidos em Tóquio-2020 (Instagram/pepehgoncalves/arquivo)

Trio das corredeiras

No K1 masculino, Pepê Gonçalves classificou-se com o sétimo lugar. Seu tempo final foi de 99s67, sendo adicionados dois segundos por penalidade. Pepê fico 3s43 atrás do melhor tempo, que foi feito pelo francês Anatole Delassus (96s24). Mathieu Desnos, também avançou após o 11º lugar, com o tempo de 100s07, sendo que foi penalizado com mais dois segundos.

No C1 masculino, Felipe Borges está classificado para a semifinal com o 7º melhor tempo, 105s97. Ele não teve nenhum acréscimo por causa de penalidade, e fez 6s08 acima do melhor tempo na quali, que foi feito pelo irlandês Liam Jegou.

Mais em Canoagem Slalom