Siga o OTD

Basquete

Rodada de zebras pelo NBB tem derrota do líder Flamengo e vitória do Vasco

Rodada de zebras pelo NBB tem derrota do líder Flamengo e vitória do Vasco

A rodada de quinta-feira foi marcada por resultados surpreendentes pelo NBB. Nos quatro jogos da noite, todos os times que estavam melhor colocados do que seus adversários foram derrotados a começar pelo líder Flamengo, que caiu diante do décimo colocado Paulistano. O Bauru desceu da quarta para a quinta colocação ao perder numa virada incrível para o lanterna Caxias do Sul. Já o Vasco, nono colocado, acabou com a sequência de três derrotas seguidas ao bater Franca, que está em sexto na tabela. Para completar, o Macaé, que estava atrás na classificação do Liga Sorocabana, derrotou e ultrapassou o rival.

Lucas Dias e Arthur Pecos foram ‘os caras’ da incrível vitória do Paulistano sobre o Flamengo por 103 a 96. O ala, de 21 anos, acertou cinco bolas de 3 pontos em oito tentadas (62,5%) e totalizou 33 pontos, seu recorde no NBB. Já o armador, de 22, imprimiu um ritmo alucinante e deixou a quadra com um duplo-duplo de 11 pontos e sonoras 14 assistências, recorde da temporada e também de sua carreira.

No Rio Grande do Sul, o Banrisul/Caxias entrou no último quarto com 15 pontos de desvantagem, mas de forma incrível virou o placar e venceu, por 76 a 74, no Ginásio Vasco da Gama, colocando fim a sequência de vitórias do Gocil/Bauru Basket, que já durava sete jogos.

Em uma partida que vinha sido dominada pelo Bauru desde o primeiro quarto, o Caxias simplesmente transformou tudo no último período, em que entrou perdendo por 62 a 47. O quinteto composto por Vinícius Gobor, Carioca, Rafael Stabile, Arthur Bernardi e Marcão, ficou em quadra durante os 10 minutos da parcial e dominou o Bauru. Foram 29 pontos contra 12 dos rivais e uma virada para dar muita moral ao time gaúcho na reta final da fase de classificação.

Um tempero um tanto quanto ‘caliente’ marcou a incrível vitória do Vasco da Gama sobre o Franca Basquete/Magazine Luiza. Com bola vencedora do argentino Palácios a três segundos do fim, o Gigante do Basquete levou a melhor por apertados 79 a 77, interrompeu a sequência de seis vitórias seguidas dos francanos e voltou a sorrir no NBB depois de três derrotas seguidas.

Um dos xodós da torcida cruzmaltina, Dami Palácios foi o responsável pela bola que devolveu a alegria à massa vascaína após três rodadas. Restando três segundos para o fim, o francano Antonio havia acabado de fazer a cesta que deixou o jogo empatado em 77 a 77. Foi aí que Dedé Barbosa pediu um tempo e colocou em cena o argentino, que recebeu a bola, finalizou rápido e deu o triunfo ao Gigante do Basquete.

E para completar, foi com muita emoção que o Macaé Basquete voltou a vencer pelo NBB. Em um jogo equilibradíssimo e com direito a prorrogação, o time do litoral norte-fluminense bateu a LSB/Uniso, por 77 a 73, fora de casa, e segue vivo na briga por uma vaga nos playoffs da competição.

Com o jogo empatado em 59 a 59, a Liga Sorocabana teve a última posse de bola do tempo regulamentar. O time paulista trabalhou a jogada para Rafael Castellon, mas o ala não converteu o arremesso de 3 pontos e a partida caminhou para prorrogação.

Em cinco minutos extremamente intensos, o Macaé Basquete venceu a Liga Sorocabana por 18 a 14 na prorrogação. A jogada decisiva veio de uma falta antidesportiva de Enzo Cafferata, faltando 23 segundos para o final do quarto extra. Com um ponto de frente ali (68 a 67), o Macaé converteu os dois lances livres, teve novamente a bola, sofreu nova falta e abriu duas posses de bola de vantagem. A partir deste momento, as duas equipes passaram a fazer faltas em troca da posse de bola. Com o ótimo aproveitamento na linha do lance livre, os macaenses confirmaram a vitória em Sorocaba (SP).

 

Mais em Basquete