Siga o OTD

Com Marcio Bellicieri, São Bernardo aposta na base para LBF

Basquete

Com Marcio Bellicieri, São Bernardo aposta na base para LBF

Divulgação/LBF

Com Marcio Bellicieri, São Bernardo aposta na base para LBF

Técnico Marcio Bellicieri comandará a equipe do São Bernardo na LBF 2018; time investe nas categorias de base para a competição.

O técnico Marcio Bellicieri será o comandante do São Bernardo na temporada de estreia na Liga de Basquete Feminino (LBF– 2018). Usando o eficiente trabalho de formação realizado na cidade, a equipe de São Bernardo do Campo terá uma base jovem, certamente a mais nova entre todos os participantes, o que é encarado como uma possível arma pelo experiente treinador.

“Teremos uma equipe nova e a expectativa é grande na juventude do elenco, na pegada, no interesse e na vontade dessas meninas aparecem no cenário nacional. Esperamos que, com essa formação em que a mais velha, por exemplo, está com 20 anos, nós possamos transportar para dentro de quadra, além dessa juventude, uma forma vibrante e coletiva de jogo”, explicou Marcio.

“A juventude, por um lado é muito boa, pois é um time que vai correr, marcar forte e também terá disciplina tática, através do sistema implantado pelo Marcio Bellicieri. No entanto, vai faltar um pouco de experiência, mas esse é um projeto que o Instituto Brazolin tem com São Bernardo do Campo e Unip para muitos anos. E, temos a consciência que não adianta investir inicialmente em uma equipe muito forte, pois temos que trabalhar e focar a base”, comentou o gestor da equipe, André Brazolin.

O aproveitamento de meninas novas, oriundas da base, ajudará bastante neste momento de recuperação que passa o basquete feminino brasileiro. “Estamos em um período de renovação, pois existe um hiato entre geração que vem jogando e as mais novas, por isso, a expectativa é colocar algumas das nossas meninas nesse processo para, quem sabe, estarem na Seleção Brasileira até 2020”, explicou o treinador.

“Temos entre seis e oito jogadoras que integram os selecionados nacionais de base e vamos contar com essas garotas; vamos correr por fora, dar muito trabalho aos adversários, buscando colocação boa, mesmo com um investimento menor que as demais equipes. A partir do segundo ano, é que iremos pensar em algo maior, quem sabe disputando o título da LBF, mas primeiro temos que pensar em criar uma boa estrutura”, disse Brazolin.

E, a entrada do São Bernardo na LBF – 2018 acontece em um momento importante, em que a competição busca crescimento e refortalecimento, além de se tornar mais atrativa. “Realmente, a LBF de 2018 virá com uma proposta diferente, mais moderna e bastante repaginada. Acredito que se seguirmos nesse caminho, nós colheremos os frutos rapidamente, num futuro bem próximo”, explicou Bellicieri.

O primeiro desafio do São Bernardo na LBF – 2018 será contra o Basketball Santo André, atual bicampeão estadual, no dia 12 de janeiro, às 20h, atuando no ginásio Municipal Pedro Dell’Antonnia, em Santo André (SP).

Mais em Basquete