Siga o OTD

Clarissa Brasil x Canadá Americup de basquete feminino

Basquete

Mesmo com duplo duplo de Clarissa, Brasil perde para o Canadá por 71 a 67

Apesar da grande atuação de Clarissa, que fez 21 pontos e pegou 11 rebotes, Brasil foi derrotado pelo Canadá pela terceira rodada da AmeriCup

Fiba Américas

Mesmo com duplo duplo de Clarissa, Brasil perde para o Canadá por 71 a 67

Com uma grande atuação de Clarissa, que conseguiu um duplo duplo com 21 pontos e 11 rebotes, o Brasil jogou de igual para igual com o Canadá, que atuou com seu time completo que se prepara para os Jogos Olímpicos, mas foi derrotado por 71 a 67. Foi a primeira derrota na AmeriCup de basquete feminino da equipe comandada por José Neto, que tinha vencido El Salvador e Colômbia nas duas primeiras rodadas.

“Eu acho que nós não perdemos o jogo, mas o Canadá venceu. Estou muito orgulhoso do nosso time. Talvez as canadenses estejam acima da gente um pouquinho. Elas são a quarta seleção no mundo. Agora nós temos que nos preparar para a próxima partida”, avaliou José Neto, após o jogo.

-Tabela da AmeriCup de basquete feminino 2021

O primeiro quarto teve como destaque Tainá Paixão. Com a armadora no comando, a equipe liderou o placar na maior parte do tempo e só levou o empate em 21 a 21 com uma cesta de Laeticia Amihere a 48 segundos do fim. No segundo período, no entanto, o Canadá voltou melhor e mandou no jogo até chegar ao intervalo com 45 a 37 no placar.

Tainá Paixão marcou 10 pontos no primeiro tempo com destaque também para Clarissa, com nove, e Erika, com oito. Do lado do Canadá, Laeticia Amihere e Nirra Fields, marcaram nove pontos.

Na volta do intervalo, quem brilhou foi Clarissa. Com a mão calibrada, a pivô foi fundamental no ataque e ainda virou a dona do garrafão ao pegar muitos rebotes. No período foram apenas 13 pontos do Canadá contra 22 do Brasil, que passou a frente após Thayná roubar uma bola e fazer a bandeja para fazer 59 a 58 para o Brasil.

Na volta para o último quarto, Tainá Paixão acertou uma bola de três e fez 62 a 59 para o Brasil logo no primeiro lance do período. Mas a seleção brasileira começou a errar demais, ficou mais de quatro minutos sem pontuar e levou a virada. O Canadá chegou a 64 a 62, mas Clarissa voltou a deixar tudo igual.

Faltando 2min30 para o final, Nirra Fields acertou uma bola de três e fez 69 a 64. Patty devolveu na mesma moeda no lance seguinte, mas o Brasil não conseguiu pontuar mais e o Canadá chegou à vitória por 71 a 67. Apesar da derrota, Clarissa brilhou com 21 pontos e 11 rebotes. Tainá Paixão, com 15 pontos, e Patty, com dez, também se destacaram. Erika foi a melhor reboteira com 12 bolas recuperadas no garrafão e ainda marcou oito pontos. Do lado do Canadá, Nirra Fields foi a cestinha com 17 pontos.

Formato de disputa da Americup de basquete feminino

As seleções são divididas em dois grupos, com o Brasil no Grupo A ao lado de Canadá, Ilhas Virgens, Colômbia e El Salvador. O Grupo B tem Porto Rico, Argentina, Estados Unidos, República Dominicana e Venezuela. Os quatro primeiros de cada grupo vão às quartas, com o duelo de 1A x 4B, 2A x 3B, 3A x 2B e 4A x 1B. Os vencedores vão às semifinais e garantem vaga no Pré-Mundial.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

O Pré-Mundial será disputado no mesmo formato do Pré-Olímpico feminino de basquete. Quatro grupos de quatro seleções em quatro cidades diferentes, que ainda serão definidas. Com todos jogando contra todos na mesma chave, os três primeiros se garantem no Mundial de 2022.

Brasil x Canadá – 3ª rodada – Americup feminina de basquete

Mais em Basquete