Siga o OTD

Corinthians reage no fim, vence Pato Basquete na prorrogação e avança

Basquete

Corinthians reage no fim, vence Pato Basquete na prorrogação e avança

Time paulista empata a partida a 9s do fim, confirma a virada na prorrogação e se garante nas quartas da competição

O Corinthians está nas quartas de final do NBB! Neste sábado (24), o time paulista precisou da prorrogação mas venceu o Pato Basquete, por 89 a 84, em Belo Horizonte, e fechou a série melhor de três das oitavas de final. No segundo duelo entre as equipes, Arthur foi o grande nome da equipe, com 21 pontos e 10 rebotes. Além dele, Fuller comandou a reação no fim do jogo, com 19 pontos, para virar e vencer.

“Se não é sofrido, não é Corinthians. Pato veio jogando a vida e dificultou muito a nossa vida. Começamos bem, tivemos um segundo quarto ruim e crescemos no fim. Agora é descansar para enfrentar o São Paulo”, comentou Renato Carbonari.

“Temporada inesquecível para todos, para mim, para o time. Combinamos isso, ir até o fim sempre e agora é ficar com a família, focar no que podemos fazer agora e voltar firme na próxima”, disse o jovem armador Matheusinho.

-Tabela do NBB 2020/2021

O duelo

Mais uma vez o jogo começou com as duas defesas marcando de forma intensa. Conseguindo ter um bom aproveitamento dos arremessos, o Corinthians abriu uma vantagem logo nos primeiros três minutos, colocando 9 a 3. Próximo da metade do quarto, o Pato Basquete buscou encostar no placar, com Thorton e Matheusinho chamando a responsabilidade, mas o time paulista seguiu no ritmo e com uma cesta de Fischer fez 18 a 9, obrigando a parada no jogo. 

No retorno para a partida, Fuller colocou uma bola de três e deixou a diferença ainda maior, com 21 a 9. Em seguida, os dois times passaram a trocar cestas até o fim do período, com o Corinthians vencendo por 31 a 19.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO FACEBOOK E NO TIKTOK

No segundo quarto, o Pato Basquete cresceu no duelo e cortou um pouco a diferença, deixando o marcador em 36 a 25. Próximo da metade do período, o time paranaense aumentou o volume de jogo, com uma boa defesa e acelerando os ataques, deixou a diferença em sete, com 41 a 34, e o duelo parou. 

Na volta para o jogo, o Corinthians seguiu sofrendo dos dois lados da quadra. Com dificuldade para passar pela defesa paranaense, o time paulista seguiu sendo dominado no período e a vantagem caiu para apenas dois pontos, com 44 a 42. Nos últimos ataques do primeiro tempo, cada uma das equipes acertou mais um ataque e o duelo foi para o intervalo com vantagem paulista, com 46 a 44.

-Fernando Reis sobra no Pan-Americano e fatura três medalhas de ouro

“A gente sabe que jogo de playoff é assim, tem que fazer acontecer. O time deles melhorou, nós tivemos dificuldade, a vantagem caiu e agora a gente precisa arrumar para vencer hoje”, comentou Gegê.

“A nossa defesa mudou o jogo. Quando estamos assim, defendendo todos juntos, nosso time consegue bater de frente com qualquer equipe. Vamos arrumar o que precisa arrumar no intervalo para voltar melhor e empatar a série, que é muito importante para nós”, disse Scheuer

A patada do Pato

Logo nos primeiros movimentos do terceiro quarto, o Pato basquete conseguiu a virada, com uma bola de fora de Funchess, fazendo 47 a 46. Em seguida, com uma cesta de Scheuer e outra de Matheusinho, a vantagem subiu para 51 a 46 para o time paranaense. Atrás do placar, o Corinthians tentou crescer e chegou a deixar a diferença em apenas três pontos, com 52 a 49, contudo, com mais uma sequência de 5 a 0, a desvantagem subiu para 60 a 51 e a partida parou.

Na volta para a partida, o Pato Basquete seguiu bem e, comandado por Matheusinho, colocou a diferença acima de 10 pontos, com 67 a 55. Com a diferença alta, o Corinthians tentou buscar diminuir a diferença no marcador mas passou os últimos minutos trocando cestas com os paranaenses e o duelo foi para o último período com a o placar em 69 a 60;

+RECEBA NOTÍCIAS NO NOSSO CANAL NO TELEGRAM OU PARTICIPE DO NOSSO GRUPO DO WHATSAPP

Reação do Corinthians e prorrogação

No último quarto, os times precisaram de quase dois minutos para conseguir pontuar. Depois das primeiras cestas, Pato Basquete e Corinthians ficaram trocando cestas e a diferença seguiu na casa dos 10 pontos, com 73 a 63. Próximo da metade do período, Fuller apareceu. Chamando a responsabilidade, o “Gringo da Favela” conseguiu os pontos, derrubou a desvantagem para 73 a 68 e o duelo parou.

Na volta para o jogo, o Pato Basquete voltou a se encontrar no ataque. Cadenciando mais os ataques e privilegiando o ataque em meia quadra, o time paranaense colocou a diferença em 78 a 70. Já no terço final do jogo, o Corinthians deu a resposta. Com uma defesa forte, principalmente dentro do garrafão, e com inteligência no ataque, o time paulista melhorou e uma bola de três de Malcom Muller deixou o marcador em 79 a 76.

Na reta final do jogo, o Corinthians chegou. Defendendo muito bem e deixando a definição com seus jogadores mais experientes, o time paulista conseguiu a igualdade em 81 a 81, com 9s para o fim do confronto. Literalmente na última posse, o Pato Basquete errou na jogada e o duelo foi para a prorrogação.

Prorrogação

Com os nervos a flor da pele, Corinthians e Pato Basquete erraram muito no início do tempo extra. Com isso, os primeiros pontos só saíram nos lances livres de Fuller, com quase dois minutos de jogo. Visivelmente nervoso, o time paranaense pontuou pela primeira vez na prorrogação com mais da metade do tempo já passado, deixando o marcador em 85 a 83, com pouco mais de dois minutos para o fim.

Com o alto número de erros dos dois lados, os detalhes fizeram a diferença. Com o time mais experiente, o Corinthians abriu três pontos de vantagem com uma cesta de Muller, fazendo 87 a 84, e ficou perto de fechar a série. Nos segundos finais, o Pato Basquete seguiu errando e a vitória foi paulista por 89 a 84.

Veja a partida na íntegra:

Mais em Basquete