Siga o OTD

Basquete

Kobe Bryant entra no Hall da Fama do Basquete em 2020

Falecido no começo do ano, o ex-jogador entra na seleta lista dos maiores jogadores de basquete

Kobe Bryant
Kobe Bryant conquistou cinco títulos da NBA e dois ouros olímpicos (Foto: Reprodução)

Neste sábado (4), o Hall da Fama do Basquete oficializou os seus nove indicados para entrarem em sua seleta lista. O grande destaque da vez ficou por conta de Kobe Bryant, que morreu no começo do ano em um acidente de helicóptero nos Estados Unidos.

Com cinco títulos da NBA no currículo, além de duas medalhas de ouro em Jogos Olímpicos, um MVP em 2008 e 18 indicações ao All-Star, Kobe entra ao Hall da Fama logo em seu primeiro ano como jogador elegível. Isso porque, para fazer parte da lista o jogador tem que estar aposentado há pelo menos quatro anos e ser aprovado pelo comitê do Hall da Fama.

OTD Cultural: livros, docs e filmes esportivos na quarentena

“Obviamente, desejamos que ele estivesse aqui conosco para comemorar. Mas é definitivamente o auge de sua carreira na NBA e todas as conquistas que ele teve como um atleta foram um trampolim para estar aqui. Então, estamos incrivelmente orgulhosos dele”, garantiu Vanessa Bryant, esposa de Kobe, em entrevista à Espn americana.

Além de Kobe Bryant, outros nomes de peso do basquete figurarão no Hall da Fama a partir do dia 29 de agosto, quando está prevista para ocorrer a cerimônia de introdução, em Springfield, nos Estados Unidos.

+ SIGA O OTD NO FACEBOOKINSTAGRAMTWITTER E YOUTUBE

Ídolo do San Antonio Spurs, Tim Duncan é outro pentacampeão da liga que figura na lista. Participante de 15 jogos All-Star e campeão da NBA em 2008 pelo Boston Celtics, Kevin Garnett também foi escolhido.

A lista ainda conta com os nomes de Tamika Catchings, detentora de quatro medalhas de ouro em Jogos Olímpicos, além dos técnicos Rudy Tomjanovich, Kim Mulkey, e Eddie Sutton. O ex-secretário-geral da Fiba, Patrick Baumann, morto em 2018, fecha a lista deste ano.

Mais em Basquete

viagra