Siga o OTD

Basquete

Brasil sofre apagão, mas vence Uruguai pela Americup

Seleção Brasileira sofre pane no último quarto, mas vence por 83 a 76 na prorrogação e chega na segunda vitória no torneio

Brasil x Uruguai - Eliminatórias para a Americup
Reprodução Twitter Basquete Brasil/CBB

Na segunda partida pelas eliminatórias da Americup de basquete masculino, o Brasil enfrentou o Uruguai, em Montevidéu, nesta segunda-feira (24). Controlando a maior parte do jogo, a Seleção Brasileira teve um momento de pane no último período, mas venceu na prorrogação por 83 a 76. O destaque da partida foi Bruno Fitipaldo, com 30 pontos. Pelo lado brasileiro, Georginho e Yago foram os maiores pontuadores, com 18 e 17 pontos.

No primeiro quarto de partida, o Brasil teve dificuldades para desenvolver seus ataques nos primeiros minutos e viu o Uruguai abrir uma vantagem no placar. Com a entrada de jogadores que estavam no banco, como Jhonatan, Du Sommer e Yago, a Seleção Brasileira melhorou e deixou a diferença em apenas um ponto. Contudo, nos últimos ataques, os brasileiros voltaram a atacar de forma desordenada e os uruguaios venceram o período por 23 a 17.

-SE INSCREVA NO NOSSO CANAL NO YOUTUBE

No segundo quarto, com a formação que terminou os primeiros 10 minutos, o Brasil conseguiu uma parcial de 5 a 0 e encostou de vez no placar, com 23 a 22. Com a desvantagem no marcador, o Uruguai trouxe os titulares para a quadra e reequilibrou um pouco as ações do confronto. Contudo, com Leo Demétrio inspirado, a Seleção Brasileira soube ditar o ritmo nos minutos finais e foi para o intervalo vencendo por 40 a 37.

Na volta do intervalo, o Brasil seguiu comandando as ações. Com Yago e Jhonatan entre os titulares, a Seleção Brasileira manteve o ritmo e dilatou ainda mais a vantagem, colocando 53 a 43 e forçando o pedido de tempo. Na volta, os comandados de Petrovic mantiveram o ritmo e, aproveitando os erros em sequência do Uruguai no ataque, colocaram ainda mais diferença no marcador, indo para os últimos dez minutos vencendo por 60 a 47.

No começo do quarto período, Brasil e Uruguai trocaram pontos e a vantagem no placar foi mantida na casa dos dez pontos. Com menos de cinco minutos no relógio, a Seleção Brasileira teve alguns minutos de pane geral e os uruguaios cortaram a diferença para três pontos, com 66 a 63. Na volta, os brasileiros seguiram com problemas no ataque e ao fim dos dez minutos o placar mostrou um empate, de 68 a 68, forçando a prorrogação.

Nela, as duas seleções passaram a maior parte dos cinco minutos trocando cestas e se alternando na liderança do placar. Faltando menos de um minuto para o fim, Georginho chamou a responsabilidade no ataque, colocou uma bola de três e abriu quatro de vantagem no marcador. No fim, foi só administrar e a vitória veio por 83 a 76.

Mais em Basquete

viagra