Siga o OTD

Atletismo

Orcampi conquista o título do Brasileiro Sub-23 de atletismo

A equipe de Campinas, que havia ganhado o Sub-20 e o Sub-18 e sido vice-campeã do Troféu Brasil, mostrou força novamente

Orcampi foi a equipe campeã do Campeonato Brasileiro Sub-23
Orcampi foi a equipe campeã do Campeonato Brasileiro Sub-23 (Divulgação)

Após vencer nas categorias sub-20 e sub-18 e de ser vice-campeã do Troféu Brasil, a Orcampi, de Campinas, conquistou nesta sexta-feira (18) o título do Campeonato Brasileiro Sub-23 de atletismo, disputado no CNDA (Centro Nacional de Desenvolvimento do Atletismo), em Bragança Paulista (SP).

A equipe somou 213 pontos na classificação geral após dois dias de competição, que fechou o calendário da CBAt (Confederação Brasileira de Atletismo) de 2020. Foi campeã da categoria feminina, com 147 pontos e terminou em terceiro na masculina, com 66.

+ Dia de quebra de recordes no Campeonato Brasileiro Sub-23

O Projeto Atletismo Campeão, de Pernambuco, foi vice-campeão no geral, com 174 pontos, no masculino (71) e no feminino (103). Já o SESI-SP confirmou seu favoritismo ao vencer a categoria masculina, com 116 pontos, ficando em terceiro no geral, com 146 pontos.

Ao todo, a competição reuniu 431 atletas de 89 clubes de 19 Estados e do Distrito Federal. Nada menos do que 78 clubes marcaram pontos na classificação geral.

+ Felipe Bardi é destaque dos 100 m do Campeonato Brasileiro Sub-23

“Foi a cereja do bolo esse terceiro título. Justifica o trabalho num ano de tantas incertezas. Mas o título é mérito dos atletas, treinadores, integrantes das comissões, de uma equipe coesa, que somou pontos em todas as provas. Um atleta sozinho não ganha campeonato”, comemorou Alex Lopes, da Orcampi.

Quatro recordes quebrados

A sexta-feira marcou ainda a quebra de quatro recordes do Campeonato Brasileiro Sub-23 de atletismo na tarde: nos 200 m masculino e feminino, no decatlo e nos 20.000 m da marcha atlética.

Lucas Vilar venceu a prova dos 200 m quebrando o recorde na prova (Wagner Carmo/CBAt)

Lucas Vilar, do SESI, medalha de bronze nos Jogos Olímpicos da Juventude de Buenos Aires-2018, venceu os 200 m, com 20s58. A melhor marca anterior era de Bruno Nascimento Pacheco, com 20s64, desde 2005.

Arielton Costa dos Santos (ASA-Sorriso) ficou com a medalha de prata, com 21.04, seguido de João Henrique Falcão Cabral (CT Maranhão), com 21.16.

Na prova feminina, Ana Carolina Azevedo (Orcampi) melhorou duas vezes o recorde do Campeonato. Na semifinal, ela completou a prova em 23s45 e depois completou a final em 23s08, seu recorde pessoal. Vida Aurora Caetano (Tornado-DF), foi medalha de prata, enquanto Gabriela Silva Mourão (Futuro Olímpico Arnaldo de Oliveira) terminou em terceiro.

José Fernando Ferreira foi outro recordista da sexta-feira (Divulgação)

No decatlo, José Fernando Ferreira Santana (Projeto Atletismo Campeão) venceu com 7.332 pontos, melhorando em 178 pontos o recorde anterior, que era de Danilo Mendes Xavier, feito em 2007. Anderson Luiz Souza da Silva (Sport Club do Recife) ficou com o segundo lugar, com 6.559 pontos, seguido de Vitor Hugo da Costa (Instituto Ideal Brasil), com 6.197.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

Gabriela Muniz (CASO) venceu os 20.000 m marcha atlética, com a marca de 1:44:45.48, novo recorde do Brasileiro sub-23. A atleta já havia sido campeã no sub-20 e terceira colocada no Troféu Brasil antes do ouro desta sexta-feira. O recorde anterior pertencia a Liliane Priscila Barbosa (1:45.05.6), desde 2009. Daniela Sales de Oliveira (CASO) ficou com a medalha de prata, com 1:50:28.86, e Thaissa Santos Cunha (Time Jundiaí) com a de bronze, com 1:58:23.54.

Outros campeões desta sexta-feira

  • Salto triplo – Ketllyn Pamela Daniel Zanette (UCA) – 13,22 m
  • 3.000 m com obstáculos – Jeovana Fernanda Leopoldina dos Santos (ABDA) – 11:11.40 e Thiago dos Santos Costa (APA-Petrolina) – 9:34.03
  • Salto em altura – Sarah Suelen Fernandes Freitas (Projeto Atletismo Campeão) – 1,77 m
  • Arremesso do peso – Leonardo Silva Pinheiro (APCEF/MG) – 16,54 m
  • Lançamento do disco – Valquíria Aparecida Meurer (IEMA) – 50,58 m
  • Heptatlo – Paloma Dias Cardoso (Espéria) – 5.119 pontos
  • Salto triplo – João Henrique Gonçalves (AFE), com 15,53 m
  • 5.000 m – Edimar de Lima Souza (CEFAP), com 14:53.57
  • Lançamento do dardo – Pedro Nunes Rodrigues (Endurance Sports), com 70,25 m
  • 400 m com barreiras – Francisco dos Reis Viana (Projeto Atletismo Campeão), com 51.40, e Marlene dos Santos (Orcampi), com 58.13.
  • 20.000 m marcha atlética – Paulo Henrique Ribeiro (PM Colombo), com 1:37:27.77
  • Salto em altura – Elton Petronilho (Pinheiros), com 2,18 m

APOIE O OLIMPÍADA TODO DIA

Desde setembro de 2016, o Olimpíada Todo Dia não deixa você ter saudade dos Jogos nunca. É o único veículo de comunicação que todos os dias traz a trajetória dos atletas olímpicos e paralímpicos, combatendo a monocultura do futebol e na busca de ajudar a mudar a cultura esportiva do Brasil. Gosta do nosso trabalho? Nos apoie! Faça um pix para [email protected]

Outra alternativa para nos apoiar é usando o cupom OTD em compras na Centauro. Com o cupom, você ganha 10% de desconto na compra de equipamentos esportivos e parte do valor será revertido para o Olimpíada Todo Dia. Vale lembrar que os descontos não são cumulativos. Se alguma peça já estiver em oferta, você não conseguirá aumentar o desconto, mas se colocar o cupom OTD, parte do valor vai ajudar o portal do mesmo jeito. Você pode comprar também pela vitrine do OTD no site das Centauro.

Mais em Atletismo