Siga o OTD

Orcampi Brasileiro Sub-20 de atletismo

Atletismo

Orcampi reconquista o título do Brasileiro Sub-20 de 2020

Equipe de Campinas havia sido campeã em 2018 e, agora, leva na geral, feminino e masculino. Vida Aurora foi a melhor atleta e Dudu Ribeiro foi o melhor entre os homens

Pódio por equipes: Orcampi (1º), Centro Olímpico (2º) e Sesi (3º)

Orcampi reconquista o título do Brasileiro Sub-20 de 2020

A equipe da Orcampi, de Campinas, recuperou o título de campeã do Brasileiro Sub-20 de atletismo, que terminou na tarde deste domingo (8), no Estádio do Centro Nacional de Desenvolvimento do Atletismo (CNDA), em Bragança Paulista, interior de São Paulo.

O clube, campeão em 2018, venceu na classificação geral, no masculino e no feminino. O evento marcou a retomada do calendário nacional, seguindo vários protocolos sanitários de segurança por causa da Covid-19.

A Orcampi totalizou 230 pontos na classificação geral, seguida do Centro Olímpico, de São Paulo, outro tradicional formador de atletas, com 131. Em terceiro ficou o campeão de 2019, Sesi, outro da capital paulista, somando 117. A seguir vieram os paranaenses Ipec, de Londrina, com 97 pontos, e o Asempar, de Paranavaí, colado com 96.

+ Segundo dia do Brasileiro Sub-20 termina com mais sete campeões

“Foi uma grande satisfação essa conquista, principalmente depois de tantos problemas que afetaram o Brasil e o mundo em 2020. Temos uma equipe jovem, coesa, que somou pontos importantes em muitas provas. O campeonato foi maravilhoso nesta retomada do calendário”, comentou Alex Sandro Lopes, treinador-chefe da Orcampi no Brasileiro.

Vida Aurora Orcampi Brasileiro Sub-20 de atletismo
Vida Aurora, melhor atleta (Wagner Carmo/CBAt)

No quadro geral de medalhas, São Paulo ficou em primeiro lugar com 59, sendo 21 de ouro, 21 de prata e 17 de bronze, o Distrito Federal ficou em segundo lugar, com 9 (4, 2 e 3), seguido de Santa Catarina, com 8 (4, 0 e 4).

A brasiliense Vida Aurora Caetano, campeã dos 100 m e 200 m, e o mineiro Eduardo Ribeiro Moreira, o Dudu, que quebrou o recorde no torneio nos 800 m (1min47s96) e venceu os 1.500 m, foram eleitos os melhores atletas do Brasileiro Sub-20 de atletismo.

Últimos campeões

No decorrer da sexta e última etapa, na tarde de domingo, Marcos Paulo Leal Ferreira, que integrou a equipe campeã do revezamento 4×100, venceu também os 110 m com barreiras com 14s09 (0.5). A chegada foi bem disputada com Wesley Victor da Silva, que cravou 14s16.

+ Mirelle Leite, da etnia Xukuru, leva o 1º ouro no Sub-20

“Eu queria ter corrido abaixo de 14, mas sei que esse foi um ano complicado, e ganhei a competição. Eu conversei com os meus colegas de equipe que a maior vitória é estar aqui, poder competir num ano como esse”, comentou Marcos Paulo, referindo-se à pandemia.

Eduardo Ribeiro Eduardo Moreira Eduardo Moreira Ribeiro Brasileiro Sub-20 de atletismo
Dudu, melhor atleta (Wagner Carmo/CBAt)

Nos 100 m com barreiras, o duelo foi entre Bárbara Rodrigues da Cunha, vencedora com 14s51 (1.0), e Thais Michele da Silva, segunda colocada com 14s55. Em terceiro chegou Juliana Estevão Oliveira com 14s61.

“Foi minha primeira competição com as barreiras nessa altura e não esperava vencer. A Thais e a Juliana são atletas mais experientes do que eu. Tenho 18 anos, é meu primeiro ano como sub-20, mas tenho facilidade com as barreiras porque desde pequena eu fazia ginástica artística”, lembrou Bárbara.

Revezamento e fundo

A Orcampi confirmou o favoritismo no revezamento feminino 4×400 m do Brasileiro Sub-20 de atletismo, com Ana Luísa Soares Ferraz, Letícia Elen Vieira, Laryssa Josiane Souza e Isabella Geovana Soldado. A equipe completou a prova em 3min56s12.

+ Gabi Muniz é bicampeã da marcha atlética no Brasileiro Sub-20

No masculino, o Balneário Camboriú foi o grande campeão, com 3min17s73. Fizeram parte da equipe Felipe Cassiel de Almeida Leite, Victor Augusto Carpeggiani e Samuel Santana Salvadori.

Nos 1.500 m feminino, Francielly da Silva Marcondes ganhou o ouro com 4min53s48, seguida de Aylana Ferreira Cezar, com 4min58s18, e de Amanda de Souza Silva, com 5min01s16.

Na última prova da competição, os 5.000 m, Vinícius de Carvalho Alves foi o vencedor, com 15min41s68, seguido de Peterson Santos Ribeiro com 15min53s09 e de Vitor de Oliveira da Silva com 15min56s74.

Gabriela Sá salto em altura Brasileiro Sub-20 de atletismo Orcampi
Gabriela Sá, salto em altura (Wagner Carmo/CBAt)

Provas de campo

No lançamento do dardo, a campeã foi Stefany Beatriz Navarro da Silva, com 46,55 m, bem à frente de Brenda Souza da Silva, segunda colocada com 45,27 m. Na prova masculina, o ouro ficou com Guilherme Moreira Soares, com o recorde pessoal de 68,83 m, seguido de João Paulo de Souza Nardin, medalha de prata, com 64,34 m.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

No salto em altura feminino, vitória de Gabriela da Silva Araújo Gil de Sá, com 1,71 m, recorde pessoal. Já no salto triplo masculino, em uma final nordestina, o potiguar Michael do Nascimento Agostinho venceu com 15,83 m (1.2), à frente do piauiense João Vitor Ferreira Parga da Conceição, com 15,68 m (2.0).

Mais em Atletismo