Siga o OTD

Tiffany Marinho atletismo

Atletismo

Em dia histórico de Duplantis, Tiffani fica em 6º em Roma

Brasileira faz sua melhor marca do ano nos 400 m pela Liga Diamante; já o sueco do salto com vara quebra marca de 1996

Tiffani Marinho foi a melhor brasileira do dia na Liga Diamante (Wagner Carmo, CBAt)

Em dia histórico de Duplantis, Tiffani fica em 6º em Roma

A tarde dessa quinta-feira (17) foi movimentada na Etapa de Roma da Liga Diamante e com três participações brasileiras. Tiffani Marinho correu os 400 metros, Márcio Telles participou dos 400m com barreiras e Gabriel Constantino fechou o dia do Brasil nos 110m com barreiras. A brasileira foi a melhor dos três na capital da Itália, conseguindo a 6ª colocação.

O grande destaque da Etapa de Roma da Liga Diamante veio do sueco Armand Duplantis, que deu o maior salto ao ar livre da história no salto com vara, quebrou uma marca de 1996 e se tornou recordista mundial indoor e outdoor.

A melhor do dia

Primeira a entrar em ação em Roma, Tiffani Marinho terminou os 400 m com 52s44 em 6º lugar. A vitória ficou com a holandesa Lieke Klaver, com 50s98. Foi a melhor marca da brasileira em 2020.

Na sequência, foi a vez de Márcio Telles correr os 400 m barreira. O brasileiro terminou com 51s04, na 9ª colocação. O vencedor foi o norueguês Karsten Warholm, um dos favoritos na modalidade, que com 47s07, ficou próximo de bater o recorde mundial.

O tempo feito por Márcio Telles foi pior do que os 50s85 conquistados há dois dias no Meeting da Suíça e está longe de seu melhor. O brasileiro, que já tem índice para os Jogos Olímpicos de Tóquio no 400 m com barreiras, alcançou a vaga ao fazer a marca de 48s60, quase três segundos abaixo do tempo obtido hoje na Liga Diamante e que lhe renderia uma medalha de prata em Roma.

Fechando a participação brasileira, Gabriel Constantino voltou a competir depois de muito tempo. O velocista terminou os 110 metros com barreira com 13s67, na 8ª colocação. O começo de prova de Gabriel foi bom, mas o atleta acabou derrubando muitos obstáculos na sequência. O vencedor foi o britânico Andrew Pozzi, com 13s15.

Na Etapa de Roma da Liga Diamante, Tiffani Marinho, Márcio Telles e Gabriel Constantino defenderam o Brasil; Sueco Armand Duplanits quebra recorde outdoor
Gabriel Constantino e Márcio Telles antes da prova em Roma (Instagram/constante_110hl)

Sueco na história

Os olhos em Roma estavam voltados para o sueco Armand Duplantis, do salto em altura. A expectativa era de que o rival do brasileiro Thiago Braz batesse a melhor marca outdoor da história, os 6,14 m de Segei Bubka em 1996. Duplantis ja é o detentor atual do recorde mundial feito em pista fechada com 6,18m.

E assim foi. De maneira tranquila, o sueco de apenas 20 anos de idade saltou 6,15m e agora tem as duas melhores marcas da história realizadas tanto no indoor, quanto no outdoor.

Mais em Atletismo