Siga o OTD

Atletismo

Lucas Rodrigues surge do Rio de Janeiro para provas de velocidade

Jovem velocista espera manter a tradição do estado nas disputas de 100 m e 200 m, e hoje tem 10s32 e 20s92 como recordes pessoais

Lucas Rodrigues Atletismo
Velocista de 19 anos quer entrar para o grupo seleto de velocistas cariocas (Wagner Carmo/CBAt)

Mais um velocista carioca surge com potencial no atletismo para integrar a lista dos grandes num futuro não muito distante: Lucas Rodrigues, de 19 anos, descoberto pela treinadora Iracema Rosa Gonzaga em 2014 no projeto “Mangueira do Futuro”.

A lista de nomes que nasceram no Rio de Janeiro e fizeram história nas pistas pelo Brasil é grande. Robson Caetano, Arnaldo de Oliveira, Aldemir Gomes Junior, Vitor Hugo dos Santos, Jorge Vides, Derick Souza, Rosangela Santos, Vitória Rosa, Lorraine Martins e Evelyn Santos estão entre os 10 melhores do Ranking Brasileiro de todos os tempos nas provas dos 100 m e dos 200 m.

+SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

100 m e 200 m

“Comecei no atletismo nas provas combinadas, passei depois pelas barreiras e, no sub-20, estou me especializando nos 100 m e nos 200 m”, contou o atleta, que no ano passado foi campeão brasileiro dos 200 m e vice-campeão dos 100 m na categoria até 19 anos. “Desde os primeiros dias, treino na Vila Olímpica da Mangueira, sempre acompanhado pela Iracema”.

Os recordes pessoais de Lucas Rodrigues são de 10s32 nos 100 m e de 20s92 nos 200 m. Com as duas marcas, obtidas no ano passado, ele terminou em segundo e em terceiro lugares no ranking brasileiro sub-20, respectivamente. Com 1,92 m, Lucas Rodrigues chama a atenção entre os velocistas pela estatura, ainda mais perto de corredores mais atarracados.

+Mesmo sem a vaga, Núbia Soares mantém serenidade por Tóquio

Mangueira do futuro para o mundo

Lucas Rodrigues já soma também experiências internacionais. Esteve na seleção que representou o Brasil nos Jogos Olímpicos da Juventude de Buenos Aires, em 2018, foi vice sul-americano nos 100 m, na Colômbia, e sétimo na mesma prova no Pan-Americano de San José, Costa Rica. Ambos no ano passado e na categoria sub-20.

Neste ano, o grande objetivo era ser finalista nas duas provas no Campeonato Mundial de Nairóbi, que acabou adiado por causa da pandemia da Covid-19. Assim como outros atletas brasileiros ele tem encontrado dificuldades para treinar.

+ Maratona do Rio de Janeiro terá edição virtual em 2020

“Como a pista e a academia estão fechadas, tenho procurado manter a forma e o condicionamento físico em casa, seguindo as orientações da minha treinadora. Não é fácil. A meta agora é fazer um bom Brasileiro Sub-20”, disse o Lucas Rodrigues, quarto colocado nos 200 m do Troféu Brasil de Atletismo de 2019.

Iracema Rosa Gonzaga lembra que o escalava para os 100 m como uma forma de melhorar os 110 m com barreiras. “Ele passou a sentir muitas dores nas pernas e, a conselho do fisioterapeuta, resolvemos dar um tempo nas barreiras. Mas não está descartada a possibilidade dele voltar não”, comentou. “Estamos numa fase difícil por causa da pandemia e estamos longe da nossa pista de 200 m da Mangueira.”

APOIE O OLIMPÍADA TODO DIA

Desde setembro de 2016, o Olimpíada Todo Dia não deixa você ter saudade dos Jogos nunca. É o único veículo de comunicação que todos os dias traz a trajetória dos atletas olímpicos e paralímpicos, combatendo a monocultura do futebol e na busca de ajudar a mudar a cultura esportiva do Brasil. Gosta do nosso trabalho? Nos apoie! Faça um pix para [email protected]

Outra alternativa para nos apoiar é usando o cupom OTD em compras na Centauro. Com o cupom, você ganha 10% de desconto na compra de equipamentos esportivos e parte do valor será revertido para o Olimpíada Todo Dia. Vale lembrar que os descontos não são cumulativos. Se alguma peça já estiver em oferta, você não conseguirá aumentar o desconto, mas se colocar o cupom OTD, parte do valor vai ajudar o portal do mesmo jeito. Você pode comprar também pela vitrine do OTD no site das Centauro.

Mais em Atletismo