Siga o OTD

Caratê

#5fatos que você não sabia sobre Valéria Kumizaki; assista!

No quadro do OTD, conheça 5 curiosidades sobre a atleta Valéria Kumizaki, do caratê. Assista!

No ano novo esperamos sempre renovações e coisas boas, mas nada como pegar o que foi bom no ano anterior e trazer de volta, né? E como vocês sabem, quarta-feira como de tradição é dia de 5 fatos aqui no OTD. A convidada de hoje é a Valéria Kumizaki, do caratê. A atleta, 4x medalhista em Jogos Pan-Americanos, chega forte para esse ano olímpico de estreia na sua modalidade em Tóquio. Não perca todas as curiosidades sobre Valéria no nosso quadro. Assista!

+ SIGA O OTD NO FACEBOOKINSTAGRAMTWITTER E YOUTUBE

MAIS VÍDEOS SOBRE CARATÊ:

+ #5FATOS que VOCÊ não SABIA sobre DOUGLAS BROSE, do caratê!

+ Valéria Kumizaki planeja se despedir dos Jogos Pan-Americanos com mais um ouro

+ OLHA O NOSSO CARATÊ!! Douglas Brose é prata nos Jogos Pan-Americanos!

CONHEÇA MAIS SOBRE A VALÉRIA KUMIZAKI:

Valéria Kumizaki, do caratê, na arte do 5 fatos (Arte: Caio Poltronieri)
Valéria Kumizaki, do caratê, na arte do 5 fatos (Arte: Caio Poltronieri)

Nascida na cidade paulista de Presidente Prudente, Valéria Kumizaki entrou por acaso no karatê, após sugestões de colegas na escola. Muito focada, já ouvia desde cedo dos treinadores que iria longe, que chegaria a um Pan e aos Jogos Olímpicos.

Em 2005, já se tornava um dos destaques do esporte no país ao se tornar campeã mundial júnior no Chipre. Em 2006 disputou o seu 1º mundial adulto na Finlândia e em 2007 conquistou a medalha de prata nos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro. No Mundial de Tóquio em 2008, chegou às disputas de medalha, sendo derrota na decisão do bronze e terminou em 5º lugar. No Pan de Guadalajara, em 2011, faturou sua 2ª medalha nos Jogos ao ficar com o bronze.

Em 2015, nos Jogos de Toronto, veio a 1ª medalha de ouro ao derrotar a canadense Kate Campbell na decisão dos 55kg. O ouro seria repetido no Pan de Lima-2019, com nova vitória sobre a mesma canadense. Valéria ainda foi ouro nos campeonatos pan-americanos de 2017 e 2018 e subiu ao alto do pódio nos Jogos Mundiais de 2017.

Mas seu principal feito foi em 2016, na Áustria, onde venceu 5 lutas no Mundial, chegando à decisão, onde foi derrotada pela francesa Emilie Thouy. Uma das principais atletas da sua categoria, Valéria é presença constante no pódio no circuito mundial. Desde 2012, são mais de 20 medalhas no circuito, sendo 10 ouros. Leia mais e saiba mais!

Mais em Caratê