Siga o OTD

Atletismo

#5fatos que você não sabia sobre Almir Júnior

No quadro do OTD, conheça 5 curiosidades sobre o atleta Almir Júnior, do salto triplo. Assista ao vídeo!

Como toda quarta, hoje é dia de #5fatos aqui no Olimpíada Todo Dia. O personagem de hoje é o atleta de salto triplo Almir Júnior. A promessa de 26 anos conquistou a prata no Mundial de 2018. Vamos descobrir um pouco mais do nosso atleta? Assista o vídeo na íntegra acima!

+ SIGA O OTD NO FACEBOOKINSTAGRAMTWITTER E YOUTUBE

MAIS VÍDEOS DO ATLETISMO:

Thiago Braz desabafa após GP Brasil: “Não me sinto frustado”

GP Brasil de Atletismo

De olho em Lima, Augusto Dutra sonha com a medalha de ouro

Paulo André corre para 9s90 e é o primeiro brasileiro a baixar a marca dos 10 segundos nos 100m

Troféu Brasil De Atletismo – 1500 metros

Troféu Brasil De Atletismo – 10 mil metros

CONHEÇA A HISTÓRIA DE ALMIR JÚNIOR:

Almir Júnior, do salto triplo, 5 fatos para
Almir Júnior do salto triplo em montagem para o quadro 5 fatos (Reprodução)

Nome forte durante todo o ciclo Olímpico de Tóquio, Almir Cunha dos Santos, o Almir Júnior, é uma das esperanças do Brasil de medalha no atletismo. Maior nome do país, na atualidade, no salto triplo, o gaúcho que começou no esporte pelo futebol. Em um dos treinos com a bola, o pessoal de seu clube chamou para tentar o atletismo. Logo de cara o destaque veio no salto em altura e o salto triplo, com o tempo acabou escolhendo pelo segundo. 

Atleta da Sociedade de Ginástica de Porto Alegre, a Sogipa, Almir vem colecionando boas marcas e medalhas nos últimos anos. O saltador brasileiro passou a primeira parte do ciclo olímpico conseguindo melhorar seu melhor resultado da carreira. No Campeonato Mundial Indoor de Atletismo de 2018, realizado em Birmingham, no Reino Unido, o brasileiro conseguiu a marca de 17,41m e conquistou a medalha de prata. 

Depois do segundo lugar, Almir Júnior teve algumas lesões, entre o segundo semestre de 2018 e o primeiro de 2019, e optou por diminuir o número de competições que participou até os Jogos Pan-Americanos de Lima e o Mundial para manter o foco. Na maior competição do continente, o atleta brasileiro conseguiu a marca de 16,70 m e terminou fora do pódio, na quarta colocação. 

Já no Campeonato Mundial de Atletismo, disputado em Doha, Almir Júnior conseguiu se classificar para a final de sua prova, contudo, ao alcançar a marca de 16,92 m, o triplista brasileiro ficou distante do seu melhor e do pódio, fechando a participação com o sexto lugar geral.

Antes da pandemia do Coronavírus, Almir Junior estava pronto para a disputa de sua primeira Olimpíada. Apesar de no último ano as coisas não terem saído como o atleta esperava, a opção por diminuir a quantidade de competições e focar nos treinamentos está sendo seguida até os Jogos Olímpicos de Tóquio.

Mais em Atletismo