Siga o OTD

Vela

Brasil garante vaga na Olimpíada nas classes 49er FX e Laser

Pedro Martinez/World Sailing

Pelo Mundial de Vela, Martine Grael e Kahena Kunze vão brigar pela medalha na 49er FX e já garantiram vaga em Tóquio-2020; João Pedro Oliveira garantiu a vaga na Laser

O Brasil está garantido nas classes 49er FX e Laser dos Jogos olímpicos de Tóquio 2020. Nesta quinta-feira (9), no Mundial de vela, que está sendo realizado em Aarhus, na Dinamarca, Martine Grael e Kahena Kunze pularam para a sexta colocação geral, vão disputar a regata da medalha da 49er FX e ainda garantiram uma vaga brasileira em Tóquio-2020.

Já João Pedro Oliveira, na classe Laser, ficou em quinto lugar na única regata disputada no dia e subiu na classificação, terminando em 19º lugar e garantindo também a vaga olímpica para o Brasil.

49er FX

Martine Grael e Kahena Kunze também garantiram a vaga olímpica na classe 49er FX. Nesta quinta-feira (9), três regatas foram realizadas, e a dupla brasileira ficou em 23º, 2º e em 3º lugar respectivamente. Com o ótimo desempenho, Martine e Kahena subiram para a sexta colocação na classificação geral e estão classificadas para a regata da medalha.

As oito melhores duplas são de oito países diferentes e todas garantiram vagas para Tóquio-2020.

Laser

É importante lembrar que a vaga olímpica não é de João Pedro, e sim do país. A Confederação Brasileira irá estabelecer o critério para definir o nome do atleta que irá representar o país.

Um outro brasileiro, Bruno Fontes, estava melhor classificado que João, mas fez uma última regata ruim e caiu para 31º no geral.

Catorze países ganharam vaga olímpica na classe laser para Tóquio neste mundial. Mas, como o limite por nação na Olimpiada é de um por categoria, João garantiu um lugar para o Brasil mesmo com a 19ª posição. Na sua frente ficaram, por exemplo, ficaram quatro britânicos e quatro australianos.

Agora, o Brasil já tem 21 vagas garantidas para Tóquio. No início do ano, a seleção feminina de futebol (que conta com 18 jogadoras) venceu a Copa América e carimbou o passaporte olímpico

Mais em Vela