Siga o OTD

Vôlei de Praia

Taiana/Talita e Ângela/Carol Horta decidem título em Ribeirão

Ambas as duplas fazem primeira final em uma etapa Open na temporada de Ribeirão Preto

Célio Messias/Inovafoto/CBV

A torcida apareceu em peso para prestigiar as semifinais do torneio feminino do Open de Ribeirão Preto (SP). As partidas aconteceram no final da tarde deste sábado (23), na arena montada no Ribeirão Shopping e colocaram Taiana/Talita (CE/AL) e Ângela/Carol Horta (DF/CE) na grande decisão da terceira etapa do Circuito Brasileiro de vôlei de praia 2019/2020. Esta será a primeira decisão em um Open para ambas as duplas.

+ INSCREVA-SE EM NOSSO CANAL NO YOUTUBE

A final acontece na manhã deste domingo (24), às 9h (horário de Brasília). A entrada na arena é franca. A decisão do bronze acontece no mesmo horário, com transmissão do site.

Para chegar na primeira decisão de uma etapa do Circuito Brasileiro juntas, Ângela e Carol Horta venceram outra dupla estreante na disputa por medalhas: Juliana Simões/Aline (PR/SC). Na partida a experiência de Ângela e Carol, medalhistas pan-americanas, falou mais alto e elas venceram por 2 sets a 0 (21/16 e 21/14). Ao fim da partida Ângela comentou sobre a contusão de Fernanda Berti nas quartas de final e celebrou a classificação para a final.

+ ACOMPANHE AS NOTÍCIAS DO VÔLEI DE PRAIA

“Nós ficamos muito abaladas com o que aconteceu no jogo com a Fernanda. Nos reunimos e conversamos e foi um momento de voltar a se concentrar. Soubemos que não foi tão grave quando parecia na hora, e ficamos aliviadas. Somos adversárias em quadra e amigas fora dela. Combinamos de uma apoiar a outra e focar no jogo. Conseguimos manter o equilíbrio na semifinal no início ao fim. A gente queria fazer uma boa etapa, que encerra o ano, subir ao pódio e jogar uma final é exatamente o que queríamos”, disse Ângela.

No outro duelo a experiência de Taiana e Talita prevaleceu sobre a juventude de Tainá e Victoria (SE/MS). Elas venceram as jovens atletas por 2 sets a 0 (21/12 e 21/16). Com o resultado da etapa de Ribeirão elas chegaram pela primeira vez em uma final de Open depois de retomarem a parceria há um ano. Com a vaga na decisão assegurada, Talita fez um rápido balanço da trajetória feita nos últimos 12 meses desde que voltou a jogar após a gravidez.

“Tem um ano que voltei a jogar. Nesse tempo minha vida virou uma montanha-russa. Tive dúvidas se conseguia seguir em alto nível, e ao mesmo tempo fizemos grandes partidas. E tudo isso sempre com o meu filho. A gente vive uma rotina tão intensa, mas ter ele me acompanhando deixa tudo mais leve. A própria Taiana sentiu isso. Estou muito feliz. Fizemos nosso melhor na temporada, consigo olhar para trás e ver que as dúvidas que tinha quando voltei não se confirmaram”, analisou Talita.

Ribeirão Preto (SP) recebeu etapas do Circuito Brasileiro em duas oportunidades. A primeira, em 1995, teve como vencedores Zé Marco/Emanuel (PB/PR) e Karina/Renata (RJ). Depois, em 2004, Ricardo/Emanuel (BA/PR) e Sandra/Ana Paula (RJ/MG) foram as vencedoras.  A cidade também recebeu uma etapa de outro torneio, o Circuito Challenger, em 2014, com títulos para Duda/Carolina Horta (SE/CE) e Lipe/Beto Pitta (CE/RJ).

A estreia do tour aconteceu em Vila Velha (ES), em setembro, com ouro para Ágatha/Duda (PR/SE) e André Stein/George (ES/PB). Em Cuiabá, no mês passado, os títulos ficaram com Ana Patrícia/Rebecca (MG/CE) e Alison/Álvaro Filho (ES/PB).

Além das duplas campeãs de cada etapa de Ribeirão, também existem os campeões gerais da temporada, somando a pontuação obtida nos sete eventos. Cada etapa do Circuito Brasileiro distribui R$ 46 mil às duplas campeãs dos dois naipes, e todos os times na fase de grupos são premiados. Ao todo, são distribuídos mais de R$ 500 mil por etapa.

DISPUTA DE MEDALHAS EM RIBEIRÃO

Bronze:

Tainá/Victoria (SE/MS) x Juliana Simões/Aline (PR/SC) – 9h

Final:

Taiana/Talita (CE/AL) x Ângela/Carol Horta (DF/CE) – 9h

Mais em Vôlei de Praia