Siga o OTD

Vôlei

Praia se reabilita e encerra primeira fase com 21 vitórias

Gaspar Nóbrega/Inovafoto

Depois de perder a invencibilidade para o Sesc RJ, Praia Clube se reabilitou ao bater o Barueri por 3 a 1 e encerrou a primeira fase da Superliga na liderança com 21 vitórias

O Hinode saiu na frente e conseguiu abrir 3 pontos de vantagem em um lance que precisou bloquear os ataques do Praia Clube três vezes seguidas, colocando 6 a 3 no placar. As mineiras na se entregaram e buscaram o empate no 9º ponto, após bloqueio. O Hinode voltou a abrir vantagem em contra-ataque de Skowronska, colocando 13 a 10, mas viu as adversárias virarem para 17 a 13 após a entrada de Nicole Fawcett no saque, muito forte e preciso, sempre quebrando o passe das meninas de Barueri. Foram precisos dois pedidos de tempo de Zé Roberto e a inversão 5-1, com Naiane e Edinara nos lugares de Skowronska e Lloyd, para o Hinode voltar a pontuar. O técnico ainda trocou Ana Cristina por Fran, Erika por Suelle, e o Hinode até reagiu, mas não conseguiu impedir a vitória do Praia Clube por 25 a 22, abrindo 1 a 0 no jogo.

O segundo set começou com “pane” do Hinode e as meninas de Uberlândia abrindo 7 a 1, com direito a dois aces de Fawcett. O time de Barueri tentou iniciar uma reação também em um ace de Thaísa, mas viu o Praia abrir 14 a 3 após seguidos erros. E a dinâmica do set seguiu assim até o final, com o Hinode cometendo muitos erros e o Praia Clube preciso, até fechar em 25 a 10, colocando 2 a 0 no jogo.

Precisando vencer o terceiro set de qualquer maneira, o Hinode viu as adversárias abrirem 5 a 2, mas correu atrás do prejuízo e empatou no 6º ponto, em ace de Fran. O set seguiu equilibrado e empatado até o final, com ambas as equipes se revezado na liderança. Com 21 a 20 a favor no placar, Zé Roberto colocou Naiane no lugar de Thaísa, e na sequência fez a inversão 5-1 com Ana Cristina no lugar de Skowronska e Sara na vaga de Lloyd. E foi justamente a oposta Sara que fez a diferença, anotando 2 dos pontos decisivos do Hinode, que fechou em 25 a 21 o set, diminuindo o placar do jogo para 2 a 1.

Já o quarto começou disputado, empatado até o 9º ponto. A partir daí o Hinode cometeu uma sequência de erros e o Praia aproveitou para abrir 18 a 10, encaminhando a vitória. Sem dificuldades, o time de Uberlândia fechou o set em 25 a 14 e o jogo em 3 sets a 1.

Com o resultado o Hinode termina a fase classificatória da Superliga em quinto lugar, com 34 pontos ganhos, e encara nas quartas de final do Vôlei Nestlé Osasco.

Receba novidades do OTD

* = campo obrigatório

powered by MailChimp!

Mais em Vôlei