Siga o OTD

Vôlei

Osasco abre 2 a 0, vê Bauru reagir, mas vence no tie-break

Tandara e Tiffany fazem 31 pontos cada e Osasco vence o Bauru por 3 sets a 2 em jogo tenso.

O Ginásio José Liberatti estava lotado na noite desta sexta-feira (2). De um lado, o Osasco invicto no returno e com Tandara voando e do outro Bauru, que vinha com moral após levar a partida contra o líder Praia Clube para o tie-break e que tinha Tiffany vindo de um recorde de pontos na Superliga Feminina, 39. Os dois primeiros sets davam indícios de que seria uma noite tranquila para o torcedor osasquense, mas o Bauru reagiu e levou o jogo para o tie-break. Com Tandara sacando muito, o Vôlei Nestlé fechou a partida em 3 sets a 2, parciais de 25/19, 25/20, 18/25, 19/25 e 15/10.

+ CONFIRA A TABELA COMPLETA DA SUPERLIGA 2017/18

Se a partida tivesse um nome, seria dela: Tandara. A jogadora, merecidamente, ganhou o Troféu Viva Vôlei, mas fez muito mais do que isso. Foi produtiva quando acionada no ataque e, no tie-break, conseguiu uma sequência de oito bons saques para levar o Osasco à vitória. E, claro, sem falar nos 31 pontos anotados na noite.

O jogo

O primeiro set foi dominado, completamente, pelo Osasco. Tiffany era a mais acionada pelo Bauru, mas era parada pelo bloqueio. Já Tandara soltava o braço e não decepcionava. Logo de cara, a equipe abriu 7 a 2 e depois foi mantendo para fechar em 25/19.

Na segunda parcial, o Bauru saiu na frente e manteve a liderança por um bom tempo. Mas, do meio para o final do set, Tiffany parou duas vezes no bloqueio osasquense e Tandara acertou três bolas seguidas. No final, ela mesma fechou com uma pancada. 25 a 20.

Quando tudo parecia que se resolveria rápido, o Bauru resolveu acordar. A maioria das bolas passavam por Tiffany, algumas por Andressa, outras por Yoana e, assim, a equipe do interior fechou em 25 a 18.

No quarto set, muito equilíbrio. O Osasco liderou boa parte e viu um ponto escapar da mão em poucos minutos. A equipe parecia nervosa e Tiffany embalou. O Bauru fechou em 25/19 e levou para o tie-break.

No tie-break, Tandara desequilibrou. O jogo estava 4 a 3 quando ela foi pro saque e com ace e bolas de difícil devolução sacou até o 12/3. O Bauru chegou a reagir e levou o jogo a um perigoso 14/10, que fez as donas da casa gastarem o tempo técnico, mas no fim o Osasco fechou em 15/10 e levou dois pontos na bagagem.

Situação das equipes

Com a vitória, o Vôlei Nestlé chega aos 40 pontos na tabela, a mesma pontuação do Minas, terceiro colocado que tem um jogo a mais. Já o Bauru, agora, está em sétimo, com 25. Na próxima rodada, o Osasco visita o Minas, em jogo decisivo pela posição e o Bauru recebe o Rio.

Tandara sobre Tiffany

A oposta Tandara, do Osasco e da Seleção Brasileira de vôlei, decidiu se manifestar pela primeira vez sobre a participação de Tifanny na Superliga feminina. “Sou contra. Não é homofobia, é fisiologia. Eu estava dentro de quadra e posso afirmar. Tem diferença, sim.” Ainda acrescentando que no final das partidas, a diferença física de Tiffany fica evidente: “Nos momentos decisivos, você pode ver que ela cresce, e sua força é diferente das demais.”

Mais em Vôlei