Siga o OTD

Vôlei

Taubaté bate Cruzeiro e fatura título inédito da Supercopa

Equipe de Renan Dal Zotto tem atuação sólida e conquista segundo título em uma semana

Lipe é um dos destaques do Taubaté
Divulgação

Campeões dos seus respectivos estados na última semana, Taubaté (SP) e Cruzeiro (MG) se enfrentaram na noite desta quinta-feira pelo título da Supercopa masculina de vôlei de 2019. E com uma atuação muito sólida, o Taubaté virou o jogo e venceu por 3 sets a 1 (25/21, 21/25, 25/16 e 25/18)

Com o resultado, Renan Dal Zotto e seus comandados dão ao Taubaté o primeiro título da Supercopa e o segundo ainda neste início de temporada, depois de vencer o Campeonato Paulista.

Essa é a quinta edição da Supercopa, que coloca frente a frente o campeão da Superliga, no caso o Taubaté, e o vencedor da Copa Brasil, o Cruzeiro. O time mineiro foi campeão do torneio em 2015, 2016 e 2017 e só havia o título no ano passado, para o Sesi-SP. O Taubaté tinha chegado em duas finais (2015 e 2017) e agora quebra o tabu e sobe ao lugar mais alto do pódio.

O jogo

O primeiro set começou com o Taubaté melhor, aproveitando muitos erros do Cruzeiro. Não demorou muito, porém, para a Raposa crescer no jogo e equilibrar as ações. Com boa atuação do central da Seleção Brasileira Isac, o Cruzeiro conseguiu passar a frente do marcador, de onde não saiu mais.

A partida era parelha, mas os dois times erravam muito, principalmente saque. E foi o Cruzeiro quem conseguiu minimizar as falhas para abrir vantagem e fechar o primeiro set: 25 a 21.

No segundo set, o Taubaté voltou melhor e se impôs em quadra desde o início. A equipe paulista não conseguiu abrir larga vantagem e o Cruzeiro se mantinha na cola. Porém, os mineiros deram muitos pontos de graça ao adversário, que conseguiu fechar a segunda parcial, devolvendo o placar da primeira, e empatando o jogo.

Mais uma vez, o Taubaté começou melhor no terceiro set. Com alta eficiência, o time de Renan Dal Zotto sobrava no jogo e ainda aproveitava um Cruzeiro nervoso, que se perdeu depois de uma confusões com o árbitro. O Cruzeiro até tentava esboçar uma reação em certos momentos, mas o Taubaté era muito sólido e chegou a abrir onze pontos de frente. O time mineiro ainda salvou quatro set points, mas em um erro de saque, os paulistas fecharam a parcial em 25 a 16 e viraram o jogo no placar geral.

O quarto set teve um início mais equilibrado. Porém, o roteiro se repetiu e o Taubaté passou a mandar na partida, construindo a vantagem no placar. O Cruzeiro chegou a se manter perto no marcador, mas não conseguiu acompanhar o ritmo dos paulistas, que chegaram ao match point e se sagraram os grandes campeões.

AO VIVO: TAUBATÉ X CRUZEIRO – SUPERCOPA MASCULINA DE VÔLEI

 

Mais em Vôlei